Co­mo ava­li­ar se uma em­pre­sa é boa pa­ra in­ves­tir no mer­ca­do de ações?

Correio da Bahia - - Mais -

Des­con­fie Fi­que aten­to às pro­pos­tas de re­tor­no rá­pi­do e ga­ran­ti­do. Ren­di­men­to vo­lu­mo­so é sinô­ni­mo de al­to ris­co. Pen­se bas­tan­te an­tes de op­tar por um ne­gó­cio que pro­me­te re­tor­no fá­cil e rá­pi­do.

Cui­da­do Pro­te­ja seus da­dos. Nun­ca com­par­ti­lhe sua se­nha com ter­cei­ros, is­so per­mi­te que eles exe­cu­tem or­dens de com­pra ou ven­da sem sua au­to­ri­za­ção

Cal­ma pa­ra de­ci­dir Não te­nha pres­sa pa­ra fe­char ne­nhum ne­gó­cio. Quan­do o in­ves­ti­men­to en­vol­ve ter­cei­ros, in­ves­ti­gue an­tes de to­mar qual­quer de­ci­são. Mui­tos gol­pis­tas se apro­vei­tam de de­ci­sões im­pen­sa­das e im­pul­si­vas pa­ra con­se­guir novas vítimas.

Di­ver­si­fi­que Pa­ra in­ves­ti­men­tos mais vo­lu­mo­sos co­mo a Bol­sa, op­te pela di­ver­si­fi­ca­ção da car­tei­ra de ne­gó­ci­os. As­sim, o in­ves­ti­dor di­mi­nui o im­pac­to de um pos­sí­vel re­sul­ta­do ne­ga­ti­vo, dei­xan­do o ca­pi­tal in­ves­ti­do me­nos ex­pos­to aos ris­cos sem mi­ni­mi­zar o seu po­ten­ci­al. Olá Da­ni­el. O Mer­ca­do de Ren­da Va­riá­vel é mui­to es­ti­mu­lan­te e ofe­re­ce op­ções de ren­ta­bi­li­da­de mui­to atra­ti­vas. O ní­vel de ris­co, po­rém, é bem mai­or que na ren­da fi­xa. Em­pre­sas bo­as pa­ra se in­ves­tir, den­tre ou­tras coi­sas, são as que apre­sen­tam uma boa pers­pec­ti­va fu­tu­ra de ge­rar lu­cros e que te­nham uma go­ver­nan­ça cor­po­ra­ti­va efi­ci­en­te. Claro que não é tão sim­ples as­sim. É ne­ces­sá­rio ter um bom olhar pa­ra o mer­ca­do e en­ten­der o mo­men­to de in­ves­tir. Uma al­ter­na­ti­va são os fun­dos de ações, ne­les os in­ves­ti­men­tos são mais di­ver­si­fi­ca­dos e o ad­mi­nis­tra­dor faz o tra­ba­lho téc­ni­co pro­te­gen­do seu pa­trimô­nio. Bas­ta es­co­lher um fun­do com bai­xa vo­la­ti­li­da­de que te­nha uma boa es­ti­ma­ti­va fu­tu­ra de va­lo­ri­za­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.