Bo­ves­pa atin­ge mai­or ní­vel des­de ja­nei­ro de 2013

Correio da Bahia - - Economia -

ESTRANGEIROS A Bo­ves­pa, Bol­sa de Va­lo­res de São Pau­lo, vol­tou a se mos­trar atra­ti­va pa­ra o in­ves­ti­dor es­tran­gei­ro. No pre­gão de on­tem o Ibo­ves­pa su­biu 1,50%, al­can­çan­do a mar­ca de 62.696,10 pon­tos, o mai­or pa­ta­mar des­de 3 de ja­nei­ro de 2013 (63.312 pon­tos). No ano, a Bol­sa acu­mu­la va­lo­ri­za­ção de 44,6%. A al­ta de on­tem foi atri­buí­da por ana­lis­tas de mer­ca­do à con­ti­nui­da­de de um mo­vi­men­to ob­ser­va­do des­de o iní­cio de ou­tu­bro, de res­ta­be­le­ci­men­to do flu­xo es­tran­gei­ro ao mer­ca­do de ações bra­si­lei­ro. Os mo­ti­vos pa­ra es­se re­tor­no são di­ver­sos, mas ana­lis­tas res­sal­tam a mai­or pre­vi­si­bi­li­da­de do ce­ná­rio bra­si­lei­ro e a ex­pec­ta­ti­va de cor­te da ta­xa Se­lic (ju­ro bá­si­co da eco­no­mia). A pro­xi­mi­da­de da reu­nião do Co­mi­tê de Po­lí­ti­ca Mo­ne­tá­ria (Co­pom) foi ou­tro fa­tor apon­ta­do por ope­ra­do­res pa­ra jus­ti­fi­car o mai­or ape­ti­te por ações. Com a in­fla­ção em cla­ra de­sa­ce­le­ra­ção há al­gum tem­po, a apos­ta de cor­te na Se­lic é unâ­ni­me no mer­ca­do fu­tu­ro de ju­ros. Em uma pri­mei­ra lei­tu­ra, a que­da de ju­ros re­duz a ren­ta­bi­li­da­de das apli­ca­ções em ren­da fi­xa, au­men­tan­do a atra­ti­vi­da­de da ren­da va­riá­vel (ações). O afrou­xa­men­to mo­ne­tá­rio tam­bém si­na­li­za mai­or in­cen­ti­vo ao aque­ci­men­to econô­mi­co, com be­ne­fí­cio di­re­to nos re­sul­ta­dos das em­pre­sas com pa­péis na Bo­ves­pa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.