Al­go que apren­di com o ve­lho Scho­pe­nhau­er

Correio da Bahia - - Vida - Ha­ga­me­non Bri­to

To­do do­min­go eu pen­so em ir à igre­ja, ou­vir as pa­la­vras do pas­tor, en­con­trar os ir­mãos, en­to­ar spi­ri­tu­als, dei­xar mi­nha al­ma flu­tu­ar pe­los cam­pos e va­les do Se­nhor. Mas aca­bo não in­do. Fi­co com pre­gui­ça, re­to­mo li­vros que dei­xei pe­la me­ta­de, ou­ço Le­o­nard Cohen, ve­jo uma co­mé­dia ro­mân­ti­ca to­la, es­can­ca­ro as ja­ne­las e dei­xo que a bri­sa de­sar­ru­me a so­li­tu­de, ro­lo pe­lo ta­pe­te com os ga­tos, abro uma gar­ra­fa de vi­nho do Por­to e pe­ço um fast fo­od chi­nês que me fa­ça es­que­cer que vol­tei a so­nhar com vo­cê.

ha­ga­me­non.bri­to@re­de­bahia.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.