Ex-de­pu­ta­do é ex­cluí­do de gru­po do PMDB no What­sApp

Correio da Bahia - - Mais -

Lo­go após sua pri­são, o ex-de­pu­ta­do Edu­ar­do Cu­nha foi ex­cluí­do do gru­po de What­sApp for­ma­do pe­la ban­ca­da do PMDB na Câ­ma­ra. Ape­sar de cas­sa­do há mais de um mês, o pe­e­me­de­bis­ta ain­da par­ti­ci­pa­va dos ba­te-pa­pos com os par­la­men­ta­res do par­ti­do pe­lo apli­ca­ti­vo. Segundo re­la­tos de pe­e­me­de­bis­tas, o de­pu­ta­do Hil­do Ro­cha (PMDB-MA), ad­mi­nis­tra­dor do gru­po, ex­cluiu Cu­nha às 13h35 de an­te­on­tem, cer­ca de meia ho­ra após a pri­são e de sa­ber que a PF ha­via apre­en­di­do o ce­lu­lar do cor­re­li­gi­o­ná­rio.

Com a ex­clu­são, os in­ves­ti­ga­do­res não te­rão mais aces­so às con­ver­sas, em­bo­ra pos­sam ver de­ba­tes an­te­ri­o­res, de qu­an­do Cu­nha era do gru­po. Ali­a­dos do ex-de­pu­ta­do tam­bém evi­ta­ram co­men­tar a pri­são no gru­po e op­ta­ram por con­ver­sas re­ser­va­das no apli­ca­ti­vo ou por te­le­fo­ne.

Ao jor­nal O Es­ta­do de S.Pau­lo, o de­pu­ta­do Lú­cio Vi­ei­ra Lima (PMDB-BA) dis­se não ha­ver “ne­nhu­ma con­ver­sa com­pro­me­te­do­ra”. “Não tem pe­ri­go. A gen­te fa­la de elei­ção, vai en­con­trar mui­ta pi­a­da, brin­ca­dei­ra. Não tem ne­gó­cio de mu­lher nua por­que tem de­pu­ta­da”, afir­mou. “Tem men­sa­gem con­vo­can­do pa­ra ses­são, pa­ra dar pre­sen­ça”, emen­dou.

Câ­ma­ra fi­ca va­zia após no­tí­ci­as so­bre even­tu­al de­la­ção pre­mi­a­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.