Te­mer dis­cu­te pri­são de po­li­ci­ais com mi­nis­tro; três são li­be­ra­dos

Correio da Bahia - - Brasil -

OPE­RA­ÇÃO MÉTIS O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer se reu­niu, na ma­nhã de on­tem, com o mi­nis­tro da Jus­ti­ça, Ale­xan­dre de Mo­ra­es, pa­ra dis­cu­tir a de­fla­gra­ção, na vés­pe­ra, da Ope­ra­ção Métis, que pren­deu qua­tro po­li­ci­ais le­gis­la­ti­vos no Se­na­do. No en­con­tro, o mi­nis­tro apre­sen­tou ao pre­si­den­te um re­la­tó­rio so­bre o que mo­ti­vou a ação e a le­ga­li­da­de da me­di­da, re­a­li­za­da com au­to­ri­za­ção ju­di­ci­al. Com o re­la­tó­rio, Te­mer pre­ten­dia dar ex­pli­ca­ções ao pre­si­den­te do Se­na­do, Re­nan Ca­lhei­ros, que con­si­de­rou a ação abu­si­va. On­tem, três dos qua­tro po­li­ci­ais pre­sos, acu­sa­dos de pres­tar ser­vi­ço de con­train­te­li­gên­cia pa­ra aju­dar se­na­do­res in­ves­ti­ga­dos na La­va Ja­to e em ou­tras ope­ra­ções, fo­ram li­be­ra­dos após pres­tar de­poi­men­tos. O úni­co que se­guia de­ti­do é Pe­dro Ri­car­do Araú­jo Car­va­lho, che­fe da Po­lí­cia Le­gis­la­ti­va. Os três sol­tos são Ge­ral­do Ce­sar de Deus Oli­vei­ra, Ever­ton Ta­bor­da e An­to­nio Ta­va­res. A PF in­ves­ti­ga as var­re­du­ras que o gru­po fa­zia nas ca­sas dos po­lí­ti­cos pa­ra, por exem­plo, iden­ti­fi­car e eli­mi­nar es­cu­tas ins­ta­la­das com au­to­ri­za­ção ju­di­ci­al. Co­mo uma re­a­ção ao Ju­di­ciá­rio, o gru­po do pre­si­den­te do Se­na­do pre­ten­de abrir es­pa­ço pa­ra apro­var o pro­je­to que es­ta­be­le­ce pu­ni­ções pa­ra au­to­ri­da­des que co­me­te­rem abu­sos. O tex­to, no Con­gres­so Na­ci­o­nal des­de 2009, é al­vo de crí­ti­cas de in­te­gran­tes da for­ça-ta­re­fa da La­va Ja­to, que afir­mam que a me­di­da ser­ve pa­ra cer­ce­ar as in­ves­ti­ga­ções de ope­ra­ções que atin­gem po­lí­ti­cos. A cú­pu­la do Se­na­do ava­lia ain­da ques­ti­o­nar a le­ga­li­da­de dos pro­ce­di­men­tos ado­ta­dos pe­la PF. Se­gun­do in­ter­lo­cu­to­res de Re­nan, o pe­e­me­de­bis­ta pe­diu pa­ra que se­ja ana­li­sa­do ju­ri­di­ca­men­te se os man­da­dos de pri­são e de bus­ca e apre­en­são re­a­li­za­dos an­te­on­tem te­ri­am de ser au­to­ri­za­dos pe­lo Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral. O uso de gram­pos es­con­di­dos pe­la PF nas ca­sas de se­na­do­res foi vis­to com re­ser­va tam­bém por in­te­gran­tes do go­ver­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.