Ca­dê a tor­ci­da?

Correio da Bahia - - Esporte - Moy­sés Su­zart moy­ses.su­zart@re­de­bahia.com.br

Leão ain­da não viu Bar­ra­dão com 30 mil no ano; ho­je o in­gres­so é R$ 10

Dois nú­me­ros se­rão im­por­tan­tes ho­je, no Bar­ra­dão. O pri­mei­ro, mais ur­gen­te, é a so­ma dos três pon­tos di­an­te do Cru­zei­ro, às 16h. O se­gun­do não es­tá nas qua­tro li­nhas. Com in­gres­so a R$ 10, fi­nal­men­te a es­pec­ta­ti­va do clu­be é que a ca­sa ru­bro-ne­gra re­ce­ba um pú­bli­co na ca­sa dos 30 mil es­pec­ta­do­res, al­go iné­di­to no ano. Até on­tem, 13.334 fo­ram ven­di­dos pa­ra o du­e­lo.

O pú­bli­co que che­gou mais per­to foi na der­ro­ta por 2x1 pa­ra o Fla­men­go, com 28.387 pa­gan­tes, pe­la Sé­rie A. Sem ca­sa cheia, a mé­dia de pú­bli­co do Vi­tó­ria no Bra­si­lei­ro des­te ano é a se­gun­da pi­or das úl­ti­mas cin­co par­ti­ci­pa­ções do clu­be na com­pe­ti­ção. Com mé­dia de 10.669 em 2016, o ano só não per­de pa­ra 2014, quan­do a mé­dia foi 10.267. A me­lhor foi em 2008, com 15.745.

Na atu­al Sé­rie A, o Vi­tó­ria é o 12º em mé­dia de pú­bli­co.

Pa­ra o téc­ni­co Ar­gel Fucks, a tor­ci­da tem fei­to sua par­te, in­de­pen­den­te­men­te da quan­ti­da­de. “Tor­ce­dor tem fei­to o pa­pel de­le, fez aqui no jo­go do São Pau­lo. Con­tra o Grê­mio, jo­gou jun­to. É im­por­tan­te es­se ti­po de pro­mo­ção. Me foi pas­sa­do (sex­ta) que com­pra­ram 12 mil in­gres­sos. É im­por­tan­tís­si­mo. Pre­ci­sa­mos mo­bi­li­zar to­dos: jo­ga­do­res, co­mis­são téc­ni­ca, tor­ce­do­res. Pre­ci­sa­mos de 25, 30 mil pes­so­as, que aí so­mos mais for­tes”, con­vo­ca o trei­na­dor ru­bro-ne­gro.

Re­cor­de de pú­bli­co do Vi­tó­ria no ano é de 28.387, con­tra o Fla­men­go

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.