Pa­ren­te diz que ma­nu­ten­ção do pre­ço da ga­so­li­na de­cep­ci­o­na

Correio da Bahia - - Economia -

PRE­ÇO LIVRE O pre­si­den­te da Pe­tro­bras, Pe­dro Pa­ren­te, dis­se, on­tem, ter fi­ca­do de­cep­ci­o­na­do com o fa­to de a re­du­ção do pre­ço da ga­so­li­na anun­ci­a­da pe­la es­ta­tal na se­ma­na pas­sa­da não te­nha che­ga­do às bom­bas dos pos­tos e, as­sim, ao con­su­mi­dor fi­nal. Pa­ren­te par­ti­ci­pou on­tem da Rio Oil & Gas, fei­ra do se­tor do pe­tró­leo que ocor­re na ca­pi­tal do Rio de Ja­nei­ro. Pa­ren­te, po­rém, lem­brou que o mer­ca­do de dis­tri­bui­ção de com­bus­tí­veis no va­re­jo fun­ci­o­na com pre­ços li­vres e que a Pe­tro­bras não tem in­ge­rên­cia so­bre quan­tos do­nos de pos­tos co­bram pe­lo pro­du­to. “Dei­xa­mos cla­ro que exis­ti­am fa­to­res que in­de­pen­dem da nos­sa von­ta­de pa­ra a que­da dos pre­ços. De cer­ta for­ma é de­cep­ci­o­nan­te. Era uma ex­pec­ta­ti­va jus­ta que ti­ves­se acon­te­ci­do, mas não há na­da que pos­sa­mos fa­zer. Os pre­ços são li­vres”. No úl­ti­mo dia 14, a Pe­tro­bras di­vul­gou re­du­ção de 2,7% nos pre­ços do di­e­sel e de 3,2% pa­ra a ga­so­li­na. A re­du­ção en­trou em vi­gor pa­ra o com­bus­tí­vel ven­di­dos nas re­fi­na­ri­as da es­ta­tal. Até che­gar ao con­su­mi­dor fi­nal, é in­clu­so o cus­to de trans­por­te e tam­bém o pre­ço do ál­co­ol que com­põe a ga­so­li­na ven­di­da nos pos­tos. Ape­sar do cor­te, os bra­si­lei­ros não ve­ri­fi­ca­ram di­fe­ren­ça sig­ni­fi­ca­ti­va nas bom­bas. Em al­guns es­ta­dos, os pre­ços até au­men­ta­ram. Pa­ren­te tam­bém ex­pli­cou que a Pe­tro­bras fo­cou na se­gu­ran­ça de mer­ca­do ao pro­vi­si­o­nar US$ 353 mi­lhões de seu cai­xa pa­ra fu­tu­ros acor­dos com aci­o­nis­tas que pro­ces­sam a em­pre­sa nos Es­ta­dos Uni­dos sob ale­ga­ção de te­rem per­di­do di­nhei­ro com os ca­sos de cor­rup­ção na es­ta­tal. “Os acor­dos não são um re­co­nhe­ci­men­to de cul­pa”, ga­ran­tiu.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.