Va­quei­ros na Es­pla­na­da

Correio da Bahia - - Front Page - DAS AGÊNCIAS

A Es­pla­na­da dos Mi­nis­té­ri­os foi to­ma­da on­tem por ma­ni­fes­tan­tes que de­fen­dem a li­be­ra­ção da va­que­ja­da em to­do o país. Va­quei­ros de di­ver­sas par­tes do Bra­sil le­va­ram ca­va­los pa­ra o gra­ma­do cen­tral e pa­ra con­tes­tar a de­ci­são do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) que tor­nou in­cons­ti­tu­ci­o­nal a lei ce­a­ren­se que re­gu­la­men­ta­va a prá­ti­ca na­que­le es­ta­do.

No dia 6 des­te mês, o STF de­ci­diu por 6 vo­tos a 5 que a va­que­ja­da é uma prá­ti­ca de maus-tra­tos e cru­el­da­de con­tra ani­mais. Na oca­sião, o go­ver­no do Ce­a­rá de­fen­deu que a va­que­ja­da se tra­ta­va de pa­trimô­nio cul­tu­ral do po­vo nor­des­ti­no.

Mui­to po­pu­lar em to­do o Nor­des­te, a va­que­ja­da é uma ati­vi­da­de recreativa em que dois va­quei­ros, mon­ta­dos em ca­va­los dis­tin­tos, bus­cam der­ru­bar um boi, pu­xan­do-o pe­lo ra­bo.

On­tem, as co­mis­sões de Es­por­te e Meio Am­bi­en­te da Câ­ma­ra fi­ze­ram uma au­di­ên­cia pú­bli­ca pa­ra de­ba­ter o te­ma. A dis­cus­são a res­pei­to de uma pos­sí­vel lei pa­ra re­gu­la­men­tar a prá­ti­ca foi aca­lo­ra­da e mar­ca­da por tu­mul­to e bri­ga en­tre os de­fen­so­res da prá­ti­ca e os de­fen­so­res da cau­sa ani­mal. En­quan­to va­quei­ros fa­zi­am pro­tes­to na Es­pla­na­da, os de­pu­ta­dos ba­ti­am.

Um dos em­ba­tes en­vol­veu os de­pu­ta­dos Ricardo Tri­po­li (PSDB-SP) e Vi­tor Va­lim (PMDB-CE). O tu­ca­no dis­se que a de­ci­são do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) que tor­nou in­cons­ti­tu­ci­o­nal a lei ce­a­ren­se que re­gu­la­men­ta­va a va­que­ja­da não po­dia ser con­tes­ta­da e sim cum­pri­da. Ele des­ta­cou que a me­di­da foi ne­ces­sá­ria pa­ra que a proi­bi­ção não che­gas­se aos ro­dei­os, mais co­muns no Su­des­te do país. “É pa­ra de­fen­der o ro­deio, é is­so? Se­ja ho­mem, ra­paz”, in­ter­rom­peu o pe­e­me­de­bis­ta.

En­fu­re­ci­do, Tri­po­li – co­nhe­ci­do por de­fen­der a ban­dei­ra da pro­te­ção ani­mal – dei­xou a me­sa de tra­ba­lhos e foi em di­re­ção a Va­lim to­mar sa­tis­fa­ção. “Se­ja ho­mem”, pro­vo­ca­va Va­lim, que é de­fen­sor da va­que­ja­da. “Eu dou na sua ca­ra, seu mo­le­que. É um ba­ba­ca, um mo­le­que”, re­tru­cou Tri­po­li. A ses­são foi sus­pen­sa pa­ra que os âni­mos fos­sem acal­ma­dos.

Ou­tro mo­men­to de tu­mul­to acon­te­ceu quan­do a atriz Ale­xia De­champs, con­vi­da­da do de­pu­ta­do Ricardo Izar (PP-SP), se vi­rou pa­ra os va­quei­ros e man­dou que se ca­las­sem. A atriz te­ria di­to que ela fi­nan­ci­a­va o pa­ga­men­to do Bol­sa Fa­mí­lia pa­ra os nor­des­ti­nos.

Em no­ta, o Fó­rum Na­ci­o­nal de Pro­te­ção e De­fe­sa Ani­mal afir­mou que a va­que­ja­da é uma prá­ti­ca “de­se­du­ca­ti­va que es­ti­mu­la a vi­o­lên­cia” e que não se po­de per­mi­tir a ex­plo­ra­ção do so­fri­men­to ani­mal em no­me da cul­tu­ra.

Ape­sar da de­ci­são do STF con­tra a prá­ti­ca, tra­mi­ta na Câ­ma­ra uma Pro­pos­ta de Emen­da à Cons­ti­tui­ção (PEC) que tra­ta de ro­dei­os e va­que­ja­das co­mo ex­pres­são ar­tís­ti­ca e clas­si­fi­ca as ati­vi­da­des co­mo pa­trimô­nio cul­tu­ral e ima­te­ri­al bra­si­lei­ro. O pre­si­den­te da Ca­sa, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), par­ti­ci­pou da au­di­ên­cia e in­for­mou que, as­sim que a PEC pas­sar pe­la Co­mis­são de Cons­ti­tui­ção e Jus­ti­ça (CCJ), vai au­to­ri­zar a cri­a­ção de uma co­mis­são es­pe­ci­al pa­ra apre­ci­ar a pro­pos­ta. Ele anun­ci­ou que vai pe­dir pa­ra a pre­si­den­te do STF, mi­nis­tra Car­men Lú­cia, ava­li­ar a pos­si­bi­li­da­de de um acor­do que vi­a­bi­li­ze as com­pe­ti­ções.

O mi­nis­tro da Agri­cul­tu­ra, Blai­ro Mag­gi, tam­bém de­fen­deu a bus­ca por um acor­do no Su­pre­mo, que vi­a­bi­li­ze o re­tor­no das va­que­ja­das.

A Se­cre­ta­ria da Agri­cul­tu­ra do Es­ta­do (Se­a­gri) ma­ni­fes­tou po­si­ção fa­vo­rá­vel à prá­ti­ca da va­que­ja­da. Se­gun­do es­ti­ma­ti­vas da As­so­ci­a­ção Bai­a­na de Va­que­ja­da, atu­al­men­te são re­a­li­za­dos mais de qua­tro mil even­tos na Bahia, mo­vi­men­tan­do R$ 800 mi­lhões por ano, e ge­ran­do cer­ca de 720 mil em­pre­gos, sen­do 120 mil di­re­tos e 600 mil in­di­re­tos. Na Bahia, a va­que­ja­da é re­gu­la­men­ta­da pe­la Lei 13.454/15, co­mo prá­ti­ca des­por­ti­va e cul­tu­ral.

Va­quei­ros de to­do o país em Bra­sí­lia

Va­quei­ros pe­dem emen­da à Cons­ti­tui­ção au­to­ri­zan­do com­pe­ti­ções

Ma­ni­fes­tan­tes aler­ta­ram pa­ra pro­ble­ma econô­mi­co com a proi­bi­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.