Em­prei­tei­ro e mais de 50 fe­cham acor­do de de­la­ção, afir­ma jor­nal

Correio da Bahia - - Brasil -

LA­VA JA­TO A for­ça-ta­re­fa da Operação La­va Ja­to fe­chou acor­do de de­la­ção pre­mi­a­da com o em­pre­sá­rio Mar­ce­lo Ode­bre­cht, se­gun­do re­por­ta­gem pu­bli­ca­da on­tem pe­lo jor­nal O Glo­bo. Com is­so, ain­da de acor­do com o jor­nal, já são mais de 50 co­la­bo­ra­ções fir­ma­das por exe­cu­ti­vos e fun­ci­o­ná­ri­os da Ode­bre­cht, a mai­or em­prei­tei­ra do país. Os pro­cu­ra­do­res da Re­pú­bli­ca do Pa­ra­ná, se­de da for­ça-ta­re­fa, es­tão em fa­se fi­nal de ne­go­ci­a­ções so­bre ou­tros acor­dos. Após oi­to me­ses de idas e vin­das, as de­la­ções da Ode­bre­cht são apon­ta­das co­mo o prin­ci­pal con­jun­to de co­la­bo­ra­ções na his­tó­ria do país. Atra­vés de in­for­ma­ções atri­buí­das a uma fon­te li­ga­da à for­ça-ta­re­fa, O Glo­bo re­la­ta que os acor­dos es­tão aquém da ex­pec­ta­ti­va dos pro­cu­ra­do­res, mas são con­si­de­ra­dos abran­gen­tes. Se­gun­do o jor­nal, as re­ve­la­ções fei­tas atin­gem lí­de­res de to­dos os gran­des par­ti­dos do go­ver­no ou da opo­si­ção. As acu­sa­ções se re­fe­rem, ain­da se­gun­do a pu­bli­ca­ção, ao cai­xa dois da Ode­bre­cht, que não fa­zia dis­tin­ção par­ti­dá­ria ou ide­o­ló­gi­ca. Con­tu­do, as in­for­ma­ções que se­rão for­ne­ci­das pe­los de­la­to­res da em­prei­tei­ra de­vem atin­gir o ex-pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lu­la da Silva. Re­la­tó­rio da Po­lí­cia Fe­de­ral que in­di­ci­ou cri­mi­nal­men­te o ex-mi­nis­tro da Fa­zen­da e da Ca­sa Ci­vil Antonio Pa­loc­ci afir­ma que o co­di­no­me “Ami­go”, en­con­tra­do nas pla­ni­lhas de pro­pi­nas da Ode­bre­cht, foi usa­do pa­ra se re­fe­rir ao pe­tis­ta. Em um do­cu­men­to do Se­tor de Ope­ra­ções Es­tru­tu­ra­das da em­prei­tei­ra, “Ami­go” apa­re­ce co­mo des­ti­na­tá­rio de R$ 23 mi­lhões. O Se­tor de Ope­ra­ções Es­tru­tu­ra­das da em­prei­tei­ra era res­pon­sá­vel pe­lo pa­ga­men­to de pro­pi­na a po­lí­ti­cos, agen­tes pú­bli­cos, ex-di­ri­gen­tes da Pe­tro­bras, se­gun­do a La­va Ja­to. A PF afir­ma que a sus­pei­ta so­bre Lu­la tem “res­pal­do pro­ba­tó­rio e co­e­rên­cia in­ves­ti­ga­ti­va”. As pla­ni­lhas da Ode­bre­cht tra­zem ain­da o co­di­no­me “Ita­li­a­no”, se­gun­do a PF, uma re­fe­rên­cia a Pa­loc­ci, in­di­ci­a­do por corrupção pas­si­va e sus­pei­to de re­ce­ber pro­pi­na.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.