Di­as me­lho­res vi­rão

Correio da Bahia - - Esporte - Da­ni­e­la Le­o­ne da­ni­e­la.le­o­ne@re­de­bahia.com.br

De­pois de 20 di­as, Ma­ri­nho vol­tou a fi­car à von­ta­de com a bo­la na com­pa­nhia de to­do o elen­co do Vi­tó­ria. O ata­can­te es­tá re­cu­pe­ra­do da le­são na co­xa que o ti­rou dos úl­ti­mos qua­tro jo­gos e vol­tou a trei­nar on­tem. Par­ti­ci­pou do iní­cio ao fim e é pe­ça im­por­tan­te na par­ti­da das 18h30 de sex­ta, con­tra o Flu­mi­nen­se, no Rio.

Ma­ri­nho se ma­chu­cou aos 39 mi­nu­tos do 1º tem­po da par­ti­da con­tra o Grê­mio, dia 5, na Fon­te No­va, e fez fal­ta em cam­po. “Quan­do ele es­tá em cam­po, nos aju­da mui­to. O re­tor­no de­le vai nos aju­dar bas­tan­te pa­ra se­gu­rar a bo­la no ata­que e con­cluir em gol”, pro­je­ta o vo­lan­te Mar­ce­lo, pon­de­ran­do que o com­pa­nhei­ro é im­por­tan­te não só pa­ra o se­tor ofen­si­vo. “Ele e Ki­e­za ini­ci­am a mar­ca­ção na fren­te e nos aju­dam bas­tan­te no meio-cam­po por­que a gen­te dá o se­gun­do com­ba­te. E ele, quan­do rou­ba a bo­la, já sai na fren­te do gol”.

Ar­ti­lhei­ro do Vi­tó­ria no ano, com 14 gols, Ma­ri­nho vol­ta ao ti­me em um mo­men­to cru­ci­al do Bra­si­lei­rão. Com 35 pon­tos, o Vi­tó­ria é o 17º co­lo­ca­do e tem seis ro­da­das pa­ra es­ca­par do re­bai­xa­men­to. An­tes do ata­can­te se ma­chu­car, o Vi­tó­ria vi­nha de dois triun­fos, con­tra Cha­pe­co­en­se (4x1) e São Pau­lo (2x0), jo­go em que ele mar­cou um dos gols. De­pois, o ti­me la­men­tou qua­tro der­ro­tas e não ba­lan­çou a re­de ne­nhu­ma vez. Per­deu de Grê­mio (1x0, com o gol mar­ca­do após Ma­ri­nho se le­si­o­nar), Pon­te Pre­ta (2x0), Sport (1x0) e Cru­zei­ro (1x0).

“Em de­ter­mi­na­dos jo­gos, a nos­sa saí­da pa­ra o ata­que com ele é mui­to rá­pi­da. Te­mos ou­tros jo­ga­do­res tão bons quan­to, mas de­pois que ele saiu, coin­ci­den­te­men­te, a equi­pe não con­se­guiu re­sul­ta­dos po­si­ti­vos”, afir­ma o la­te­ral Di­o­go Mateus.

Leão te­rá Ma­ri­nho de vol­ta con­tra o Flu; com ele, ti­me ren­de mais

Os nú­me­ros mos­tram que não é tan­ta coin­ci­dên­cia as­sim. Com Ma­ri­nho em cam­po por pe­lo me­nos um tem­po, o que ex­clui o jo­go do Grê­mio, o Vi­tó­ria tem 40% de apro­vei­ta­men­to – seis triun­fos, seis em­pa­tes e oi­to der­ro­tas. Sem ele, o apro­vei­ta­men­to do ti­me cai pa­ra 30,5% - três triun­fos, dois em­pa­tes e se­te der­ro­tas.

A pre­sen­ça tam­bém in­ter­fe­re no que­si­to gols. Com Ma­ri­nho, o Leão mar­cou 26 em 20 jo­gos, mé­dia de 1,3 gol por par­ti­da. Sem ele, fo­ram 12 em 12 jo­gos, ou se­ja, mé­dia me­nor, de um gol por par­ti­da.

Ma­ri­nho cal­ça as chu­tei­ras e par­ti­ci­pa do trei­no na To­ca do Leão

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.