Es­can­te­a­dos

Correio da Bahia - - Esporte - Bru­no Qu­ei­roz bru­no.qu­ei­roz@re­de­bahia.com.br

Mu­ri­el, Edu­ar­do, Ti­a­go, Jack­son e Moi­sés; Luiz Antonio, Ju­ni­nho e Renato Ca­já; Edi­gar Ju­nio, Wesley Na­tã e Her­na­ne. Es­te é o ti­me-ba­se do Bahia nes­ta re­ta fi­nal da Sé­rie B e, mes­mo sen­do de po­si­ções e ten­do ca­rac­te­rís­ti­cas di­fe­ren­tes, os 11 têm uma coi­sa em co­mum: ne­nhum é for­ma­do nas di­vi­sões de ba­se do clu­be.

Há pou­co mais de dois me­ses tem si­do as­sim. Pa­ra o jo­go de sá­ba­do con­tra o Ce­a­rá, às 16h, na Fon­te No­va, Gu­to Fer­rei­ra não te­rá o vo­lan­te Luiz Antonio, sus­pen­so. Re­nê Jú­ni­or e Fei­jão são as op­ções e, no trei­no de on­tem, o pri­mei­ro saiu na fren­te.

Fei­jão, por si­nal, foi o último jo­ga­dor da ba­se tri­co­lor a ser ti­tu­lar na Sé­rie B, no em­pa­te por 1x1 com o Atlé­ti­co Goi­a­ni­en­se, no dia 16 de agos­to, há 13 ro­da­das, que re­pre­sen­tam to­do o se­gun­do tur­no. Em en­tre­vis­ta ao CORREIO no dia 29 de se­tem­bro, o pre­si­den­te Mar­ce­lo Sant’Ana mi­ni­mi­zou a au­sên­cia de atle­tas re­ve­la­dos no Fa­zen­dão en­tre os ti­tu­la­res e jus­ti­fi­cou o fa­to co­mo uma de­ci­são da co­mis­são téc­ni­ca. “O mais im­por­tan­te é que o Bahia te­nha su­ces­so den­tro de cam­po. Se vai ser com 11 jo­ga­do­res fei­tos fo­ra de ca­sa ou com 11 den­tro de ca­sa, é uma de­ci­são da co­mis­são téc­ni­ca. O que a di­re­to­ria quer é o su­ces­so do Bahia”, afir­mou.

Pa­ra o za­guei­ro Jack­son, o apro­vei­ta­men­to de atle­tas da ba­se é um com­po­nen­te im­por­tan­te den­tro do gru­po. “É bom ter jo­ga­dor da ba­se no elen­co e no ti­me prin­ci­pal. Vi­veu to­da a ba­se, co­nhe­ce bem o clu­be, é im­por­tan­tís­si­mo”.

O atu­al elen­co tri­co­lor é for­ma­do por 31 jo­ga­do­res, sen­do ape­nas oi­to oriun­dos das di­vi­sões de ba­se. São eles o go­lei­ro Je­an, os za­guei­ros Eder e De­dé, os vo­lan­tes Fei­jão, Yu­ri e Gus­ta­vo Blan­co, o meia Rô­mu­lo e o ata­can­te Má­rio.

O nú­me­ro cor­res­pon­de a 26% do elen­co prin­ci­pal e es­tá dis­tan­te da me­ta es­ta­be­le­ci­da pe­lo di­ri­gen­te em ou­tra en­tre­vis­ta ao CORREIO, às vés­pe­ras das elei­ções pre­si­den­ci­ais, em de­zem­bro de 2014. “Te­re­mos um di­re­tor de fu­te­bol res­pon­sá­vel por es­sa no­va men­ta­li­da­de, que va­lo­ri­ze o pla­ne­ja­men­to, cum­pri­men­to de me­tas e res­pei­te a di­vi­são de ba­se. O com­pro­mis­so é, até 2017, ter 40% do elen­co for­ma­do na ba­se”, pro­je­tou Sant’Ana.

Jo­ga­do­res da ba­se tri­co­lor não são ti­tu­la­res há mais de dois me­ses

Na dis­pu­ta en­tre Fei­jão e Re­nê Jú­ni­or, o vo­lan­te da ba­se tem a bo­la, mas a va­ga de ti­tu­lar es­tá mais pa­ra o re­for­ço que já tra­ba­lhou com Gu­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.