Tro­ca de par

Correio da Bahia - - Bahia -

Lí­de­res po­lí­ti­cos que in­te­gram a tro­pa de cho­que de Ot­to Alen­car (PSD) con­si­de­ram ca­da vez mais re­al a can­di­da­tu­ra do se­na­dor ao go­ver­no do es­ta­do em 2018. Des­de o fim das elei­ções, pre­fei­tos do in­te­ri­or e de­pu­ta­dos do PSD son­dam car­de­ais de par­ti­dos ali­nha­dos ao Pa­lá­cio de On­di­na so­bre a pos­si­bi­li­da­de de apoio a uma even­tu­al cha­pa en­ca­be­ça­da por Ot­to. O re­sul­ta­do das con­ver­sas ani­mou os cor­re­li­gi­o­ná­ri­os do se­na­dor. A prin­cí­pio, três fa­to­res for­ta­le­ce­ram a hi­pó­te­se: as in­sa­tis­fa­ções da ba­se ali­a­da com o go­ver­na­dor Rui Cos­ta (PT), o cres­ci­men­to do PSD na dis­pu­ta des­te ano e a re­jei­ção do elei­to­ra­do aos pe­tis­tas. As ava­li­a­ções le­vam em con­ta tam­bém a fal­ta de no­mes do PT com mus­cu­la­tu­ra pa­ra en­fren­tar o DEM na su­ces­são es­ta­du­al. An­tes de le­var a ideia adi­an­te, con­tu­do, o gru­po de Ot­to vai aguar­dar os pró­xi­mos mo­vi­men­tos do ex-mi­nis­tro Ja­ques Wag­ner. Aos prin­ci­pais in­ter­lo­cu­to­res, o se­na­dor dei­xou cla­ro que sua le­al­da­de se res­trin­ge a Wag­ner. Ca­so te­nha aval do par­cei­ro, en­tra no pá­reo sem pro­ble­mas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.