RE­SUL­TA­DO PÉS­SI­MO

Correio da Bahia - - Esporte - Da­ni­e­la.le­o­ne@re­de­bahia.com.br

O Vi­tó­ria não ven­ce há qua­tro jo­gos e vai ten­tar in­ter­rom­per a sequên­cia ne­ga­ti­va ho­je, às 18h30, quan­do en­fren­ta o Flu­mi­nen­se, no Ma­ra­ca­nã. Após tan­tos tro­pe­ços, o téc­ni­co Ar­gel de­ci­diu pro­mo­ver mu­dan­ças de pe­ças e es­que­ma tático. Di­an­te da equi­pe ca­ri­o­ca, o Leão te­rá seis no­vas ca­ras em cam­po e um no­vo de­se­nho.

“Quan­do o ti­me não vem ga­nhan­do, vo­cê pre­ci­sa mu­dar. E a gen­te tem da­do opor­tu­ni­da­de a to­dos os jo­ga­do­res. Além dis­so, vo­cê tem que mu­dar o sis­te­ma quan­do ele não es­tá dan­do cer­to. Tem que re­cor­rer a ou­tro, até pa­ra bus­car o en­cai­xe nes­sa par­ti­da im­por­tan­te que a gen­te tem”, afir­mou o téc­ni­co Ar­gel.

O Vi­tó­ria es­tá em 17º lu­gar, e a úni­ca chan­ce de sair da zo­na de re­bai­xa­men­to nes­ta ro­da­da é ven­cen­do o Flu­mi­nen­se.

Na de­fe­sa, se­rão du­as mu­dan­ças. O za­guei­ro Ka­nu vol­ta ao ti­me após cum­prir sus­pen­são. Já Di­e­go Re­nan, após fi­car no ban­co nas úl­ti­mas du­as ro­da­das, te­rá no­va chan­ce com a ca­mi­sa ti­tu­lar e vai atu­ar na di­rei­ta. Eul­ler es­tá man­ti­do na es­quer­da. “Não é no­vi­da­de ne­nhu­ma Di­e­go Re­nan jo­gar na la­te­ral di­rei­ta. Ele não es­tá im­pro­vi­sa­do. Di­e­go Re­nan jo­ga tan­to na di­rei­ta quan­to na es­quer­da. Ele é des­tro. Tan­to é que fez um cam­pe­o­na­to in­tei­ro pe­lo Vas­co de la­te­ral-di­rei­to”, afir­mou Ar­gel. Di­o­go Ma­teus fi­ca­rá no ban­co.

O ru­bro-ne­gro jo­ga­rá com dois ata­can­tes e não mais com três. Com Zé Lo­ve sus­pen­so, Ki­e­za fa­rá du­pla de ata­que ao la­do de Ma­ri­nho, que vol­ta ao ti­me re­cu­pe­ra­do de le­são na co­xa após três ro­da­das au­sen­te. A va­ga que an­tes era usa­da no ata­que irá pre­en­cher o meio-cam­po. O Vi­tó­ria te­rá três vo­lan­tes no Ma­ra­ca­nã. O ca­pi­tão Wil­li­an Fa­ri­as for­ma­rá o trio com Ama­ral e Mar­ce­lo, que re­tor­nam após sus­pen­são. Cár­de­nas re­to­ma a va­ga de Ser­gi­nho e se­rá o res­pon­sá­vel pe­la ar­ma­ção.

“Es­se sis­te­ma fa­vo­re­ce mui­to, prin­ci­pal­men­te Cár­de­nas, Ki­e­za e Ma­ri­nho, que são os três jo­ga­do­res de fren­te que a gen­te tem. E a gen­te vê to­das as equi­pes jo­gan­do des­sa for­ma. O Grê­mio tem jo­ga­do as­sim, o Flu­mi­nen­se, o Cru­zei­ro. Jo­ga­mos no 4-2-3-1, no 4-3-3 e ago­ra no 4-4-2. Tem que achar al­ter­na­ti­vas pa­ra vol­tar a ven­cer”, ex­pli­ca Ar­gel, que pro­me­te dar li­ber­da­de pa­ra Wil­li­an Fa­ri­as e Mar­ce­lo che­ga­rem ao ata­que. “Não é por que vai jo­gar com três vo­lan­tes que vo­cê se tor­na de­fen­si­vo. O que a gen­te es­tá pen­san­do, nes­se mo­men­to, é co­lo­car um ti­me mais cas­cu­do, mais ex­pe­ri­en­te, um ti­me mais ro­da­do”.

PÊ­NAL­TI: MA­RI­NHO BA­TE

O Vi­tó­ria des­per­di­çou os úl­ti­mos qua­tro pê­nal­tis que ba­teu. Na or­dem, Di­e­go Re­nan, Zé Lo­ve, Ki­e­za e Cár­de­nas er­ra­ram co­bran­ças. Co­bra­dor ofi­ci­al de pê­nal­tis do Leão en­quan­to foi ti­tu­lar du­ran­te to­do o Bra­si­lei­rão, Di­e­go Re­nan es­ta­rá em cam­po con­tra o Flu­mi­nen­se, mas não é mais o co­bra­dor. “Quem ba­te, a prin­cí­pio, é Ma­ri­nho”, de­fi­ne Ar­gel.

Tal­vez por is­so o ata­can­te te­nha si­do o úni­co a re­pe­tir a co­bran­ça du­ran­te o trei­no de on­tem, quan­do to­dos os ti­tu­la­res, ex­ce­to Fer­nan­do Mi­guel, trei­na­ram o fun­da­men­to. Os ou­tros co­bra­ram só uma vez. Ma­ri­nho te­ve três chan­ces: iso­lou as du­as pri­mei­ras e con­ver­teu a úl­ti­ma ten­ta­ti­va. Ka­nu, Cár­de­nas e Wil­li­an Fa­ri­as tam­bém er­ra­ram. Ri­val do Vi­tó­ria con­tra o re­bai­xa­men­to, Sport ven­ce a Pon­te Pre­ta

Uma no­tí­cia ruim pa­ra a tor­ci­da do Leão. Con­cor­ren­te di­re­to do ru­bro-ne­gro na lu­ta con­tra o re­bai­xa­men­to, o Sport jo­gou na noi­te de on­tem pe­la Sé­rie A e ven­ceu. No es­tá­dio da Ilha do Re­ti­ro, no Re­ci­fe, a equi­pe per­nam­bu­ca­na ba­teu a Pon­te Pre­ta por 1x0, gol mar­ca­do pe­lo ata­can­te Ro­gé­rio aos oi­to mi­nu­tos do se­gun­do tem­po. Com o re­sul­ta­do, o Sport che­gou aos 40 pon­tos na ta­be­la, pu­lan­do pa­ra a 14ª co­lo­ca­ção. A Ma­ca­ca, por sua vez, se­gue na 10ª po­si­ção, com 45 pon­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.