Con­ta de luz vai fi­car mais ca­ra com a vol­ta da ban­dei­ra amarela

Correio da Bahia - - Economia -

CON­DI­ÇÕES DE GE­RA­ÇÃO As con­tas de luz no mês de no­vem­bro vol­ta­rão a ter uma co­bran­ça adi­ci­o­nal. A Agên­cia Na­ci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca (Ane­el) de­ci­diu on­tem que as fa­tu­ras de ener­gia te­rão a ban­dei­ra ta­ri­fá­ria na cor amarela no pró­xi­mo mês. Com es­sa de­ci­são, o con­su­mi­dor vai pa­gar R$ 1,50 a mais pa­ra ca­da 100 qui­lowatts-ho­ra (kWh) con­su­mi­dos. A de­ci­são foi to­ma­da em ra­zão da pi­o­ra nas con­di­ções de ge­ra­ção de ener­gia elé­tri­ca no país de­vi­do à se­ca. O go­ver­no de­ci­de pou­par a água dos re­ser­va­tó­ri­os das hi­dre­lé­tri­cas e aci­o­nar as usi­nas tér­mi­cas, que ge­ram ener­gia mais ca­ra, a par­tir de com­bus­tí­veis fós­seis. Na quin­ta-fei­ra, o re­ser­va­tó­rio de So­bra­di­nho, se­gun­do mai­or em vo­lu­me de água no país, es­ta­va com ape­nas 7,91% de sua ca­pa­ci­da­de. Es­sa foi uma das prin­ci­pais ra­zões que le­va­ram ao aci­o­na­men­to da ban­dei­ra amarela. A se­ca que atin­ge o Nor­des­te é uma das pi­o­res da his­tó­ria. Os re­ser­va­tó­ri­os das usi­nas da re­gião ti­nham ape­nas 11,39% de sua ca­pa­ci­da­de. A es­ti­a­gem tam­bém afe­ta o Nor­te do país. Os re­ser­va­tó­ri­os das hi­dre­lé­tri­cas ti­nham ape­nas 30,77% de sua ca­pa­ci­da­de na quin­ta-fei­ra. No Su­des­te e no Cen­tro-Oes­te, a si­tu­a­ção era um pou­co me­lhor, com 35,05% de ar­ma­ze­na­men­to. No Sul, os re­ser­va­tó­ri­os es­ta­vam com 83,56% de ca­pa­ci­da­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.