TSE po­de jul­gar Dil­ma sem Te­mer, diz Gil­mar

Correio da Bahia - - Brasil -

CON­TAS DE CAM­PA­NHA Ao vi­si­tar on­tem uma es­co­la no Rio de Ja­nei­ro para abrir o se­gun­do tur­no das elei­ções mu­ni­ci­pais, o pre­si­den­te do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), Gil­mar Men­des, afir­mou que há pre­ce­den­tes para que o pre­si­den­te Michel Te­mer se­ja jul­ga­do se­pa­ra­da­men­te da ex-pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff no pro­ces­so que ana­li­sa as con­tas da cam­pa­nha de 2014. É pre­ci­so “dis­cu­tir se a res­pon­sa­bi­li­da­de pe­los even­tu­ais mal fei­tos se­ria atri­buí­da tam­bém ao vi­ce-pre­si­den­te”. O mi­nis­tro res­sal­tou que as ati­vi­da­des no tri­bu­nal se en­cer­ram no fim de no­vem­bro e, por is­so, di­fi­cil­men­te o pro­ces­so se­rá jul­ga­do es­te ano. “É de se es­pe­rar” que fi­que para 2017. So­bre a úl­ti­ma re­for­ma elei­to­ral, Men­des afir­mou que a con­si­de­ra po­si­ti­va por ter re­du­zi­do os gas­tos com as cam­pa­nhas, “ain­da que te­nha ocor­ri­do cai­xa 2”. Para ele, o Con­gres­so pre­ci­sa dis­cu­tir qual se­rá o mo­de­lo para as elei­ções pre­si­den­ci­ais de 2018. “Não que­re­mos es­se nú­me­ro imen­so de par­ti­dos. Se va­mos ter lis­ta aber­ta ou um mo­de­lo dis­tri­tal, is­so pre­ci­sa ser de­fi­ni­do”. Para o mi­nis­tro, o am­bi­en­te po­lí­ti­co mu­dou de­pois da La­va Ja­to. “Há pro­vas em con­cre­to que atin­gem pra­ti­ca­men­te to­das as for­ças po­lí­ti­cas. To­dos eles (de­pu­ta­dos) es­tão num qua­dro de fra­gi­li­da­de, acos­sa­dos, ex­pos­tos. Se não é o de­pu­ta­do, é o com­pa­nhei­ro do par­ti­do, é o par­ti­do que es­tá sen­do acu­sa­do de ter re­ce­bi­do di­nhei­ro”, dis­se.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.