Sol­da­do do Exér­ci­to é ba­le­a­do ao sair de fes­ta

Correio da Bahia - - Bahia -

RÓTULA DO ABA­CA­XI O sol­da­do do Exér­ci­to Wes­ley Cai­o­nan da Fé Te­les de Li­ma, 19 anos, foi ba­le­a­do du­as ve­zes, na noi­te de an­te­on­tem, de­pois de sair de uma fes­ta, na Rótula do Aba­ca­xi, pró­xi­mo à Ave­ni­da Bar­ros Reis. O cri­me acon­te­ceu por vol­ta das 19h30. O mi­li­tar pro­cu­rou abri­go no es­ta­ci­o­na­men­to do su­per­mer­ca­do Extra, on­de per­ma­ne­ceu até ser so­cor­ri­do por uma am­bu­lân­cia do Ser­vi­ço de Aten­di­men­to Mó­vel de Ur­gên­cia (Sa­mu). Em no­ta, o Exér­ci­to in­for­mou que o sol­da­do foi ba­le­a­do por ho­mens ar­ma­dos que pas­sa­ram pe­la re­gião ati­ran­do a es­mo - a quan­ti­da­de de sus­pei­tos não foi di­vul­ga­da. Wes­ley e ou­tras pes­so­as que ca­mi­nha­vam no mo­men­to do cri­me cor­re­ram para pro­cu­rar abri­go. Ape­nas o mi­li­tar foi ba­le­a­do. De­pois de ser atin­gi­do, ele se­guiu até o es­ta­ci­o­na­men­to do su­per­mer­ca­do e aguar­dou por so­cor­ro. Uma sin­di­cân­cia foi aber­ta para apu­rar o ca­so. “Se­gun­do o mi­li­tar, ele es­ta­va sain­do de um chá de fral­das, pró­xi­mo à Ave­ni­da Bar­ros Reis, qu­an­do um gru­po de me­li­an­tes pas­sou ati­ran­do. Dis­se que, nes­sa ho­ra, quem es­ta­va na área cor­reu, as­sim co­mo ele, e só per­ce­beu que foi atin­gi­do de­pois”, in­for­mou a no­ta do Exér­ci­to. Tam­bém em no­ta, a Po­lí­cia Mi­li­tar in­for­mou que uma vi­a­tu­ra da 58ª Com­pa­nhia In­de­pen­den­te de Po­lí­cia Mi­li­tar (CIPM/ Cos­me de Fa­ri­as) es­te­ve no lo­cal de­pois de re­ce­ber a informação de que ha­via um ho­mem caí­do e san­gran­do. Os PMs iden­ti­fi­ca­ram a ví­ti­ma, mas ne­nhum dos ban­di­dos foi pre­so. A Se­cre­ta­ria Mu­ni­ci­pal de Saú­de (SMS) in­for­mou que o sol­da­do foi ba­le­a­do no an­te­bra­ço e na co­xa di­rei­ta e que o qua­dro de­le era es­tá­vel, es­tan­do a ví­ti­ma lú­ci­da qu­an­do foi en­con­tra­da. Wes­ley foi so­cor­ri­do para o Hos­pi­tal do Exér­ci­to, on­de se­guia in­ter­na­do on­tem. Ain­da se­gun­do o Exér­ci­to, ele es­tá em ob­ser­va­ção e não cor­re ris­co de mor­te. Pro­cu­ra­da, a as­ses­so­ria do su­per­mer­ca­do Extra não co­men­tou o as­sun­to. A mo­ti­va­ção e a au­to­ria do cri­me se­rão in­ves­ti­ga­das.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.