Bo­le­tim Fo­cus pro­je­ta in­fla­ção de 6,88% em 2016

Correio da Bahia - - Economia -

PES­QUI­SA DO BC Já sob in­fluên­cia da ata do úl­ti­mo en­con­tro do Co­mi­tê de Política Mo­ne­tá­ria (Co­pom), di­vul­ga­da na se­ma­na pas­sa­da, os eco­no­mis­tas do mer­ca­do fi­nan­cei­ro pou­co mu­da­ram su­as pro­je­ções para a in­fla­ção. O Bo­le­tim Fo­cus, di­vul­ga­do to­das as se­gun­das, mos­tra que a previsão para a in­fla­çao ofi­ci­al des­te ano pas­sou de 6,89% para 6,88%. Há um mês, es­ta­va em 7,23%. Já o ín­di­ce para o ano que vem per­ma­ne­ceu em 5%. Se a previsão para a in­fla­ção te­ve le­ve me­lho­ra, a pro­je­ção para o Pro­du­to In­ter­no Bru­to (PIB, so­ma de to­das as ri­que­zas pro­du­zi­das no país) pi­o­rou ain­da mais, de um re­cuo de 3,22% - pro­je­ta­do na se­ma­na pas­sa­da - para uma re­tra­ção 3,30%. Há um mês, a pers­pec­ti­va era de re­cuo de 3,14%. Para 2017, o Fo­cus mos­tra que a per­cep­ção tam­bém pi­o­rou le­ve­men­te. O mer­ca­do pre­vê para o país um cres­ci­men­to de 1,21% no pró­xi­mo ano, abai­xo do 1,23% pro­je­ta­do uma se­ma­na e um mês an­tes. Já para o câm­bio, o Fo­cus mos­trou ma­nu­ten­ção nas es­ti­ma­ti­vas para o câm­bio es­te ano. O do­cu­men­to in­di­cou que a co­ta­ção da mo­e­da es­ta­rá em R$ 3,20 no en­cer­ra­men­to de 2016, mes­mo pa­ta­mar da se­ma­na an­te­ri­or. Há um mês, es­ta­va em R$ 3,25. Para o fim de 2017, a me­di­a­na das es­ti­ma­ti­vas para o câm­bio se­guiu em R$ 3,40 de uma divulgação para a ou­tra, igual ao pa­ta­mar de um mês an­tes. Já o câm­bio mé­dio de 2017 pas­sou de R$ 3,34 para R$ 3,33 - es­ta­va em R$

3,36 um mês atrás.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.