Bo­ves­pa tem no­vo pi­co no ano e avan­ça 11,23% em ou­tu­bro

Correio da Bahia - - Economia -

BAN­COS EM AL­TA A Bo­ves­pa fe­chou on­tem com al­ta de 0,96% e en­cer­rou ou­tu­bro no pa­ta­mar mais al­to de 2016, aos 64.924,51 pon­tos, mai­or va­lor des­de 2 de abril de 2012. A va­lo­ri­za­ção no mês foi de 11,23%, le­van­do o acu­mu­la­do do ano para um avan­ço de 49,77%. A mai­or par­ti­ci­pa­ção do in­ves­ti­dor es­tran­gei­ro atraí­do pe­la me­lho­ra na per­cep­ção do país - é apon­ta­da co­mo o prin­ci­pal com­bus­tí­vel da Bol­sa no mês. A al­ta de on­tem foi a ter­cei­ra con­se­cu­ti­va, ga­ran­ti­da prin­ci­pal­men­te pe­la al­ta das ações do se­tor fi­nan­cei­ro, que pe­gou ca­ro­na no re­sul­ta­do tri­mes­tral do Itaú Uni­ban­co. O ban­co te­ve lu­cro lí­qui­do de R$ 5,595 bi­lhões, com que­da de 8,9% so­bre o mes­mo pe­río­do de 2015, mas com al­ta de 12,64% so­bre a mé­dia das pro­je­ções. Na úl­ti­ma se­ma­na, o San­tan­der Brasil tam­bém di­vul­gou re­sul­ta­do con­si­de­ra­do fa­vo­rá­vel, o que au­men­tou a ex­pec­ta­ti­va em re­la­ção aos ba­lan­ços dos de­mais ban­cos. Itaú Uni­ban­co fe­chou com ga­nho de 3,48%, acom­pa­nha­do por Bra­des­co PN, com 3,15% e Ban­co do Brasil ON, que su­biu 3,53%. Bra­des­co e BB di­vul­gam seus re­sul­ta­dos no dia 10 de no­vem­bro. O ga­nho do dia te­ria si­do mai­or não fos­sem as for­tes per­das dos pre­ços do pe­tró­leo em No­va York e Lon­dres, que ar­ras­ta­ram para bai­xo as ações da Pe­tro­bras. As dú­vi­das quan­to a pos­si­bi­li­da­de de acor­do en­tre paí­ses pro­du­to­res para li­mi­tar a pro­du­ção le­vou o bar­ril do pe­tró­leo a re­gis­trar que­das su­pe­ri­o­res a 3%, com in­fluên­cia di­re­ta so­bre ações do se­tor. Pe­tro­bras ON e PN per­de­ram 2,56% e de 2,21%, res­pec­ti­va­men­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.