Igual­da­de dis­tan­te

Correio da Bahia - - Brasil -

A igual­da­de sa­la­ri­al en­tre ho­mens e mu­lhe­res vai de­mo­rar pe­lo me­nos cem anos para acon­te­cer no Brasil. Es­sa tris­te es­ti­ma­ti­va foi apre­sen­ta­da es­sa se­ma­na, na Suí­ça, pe­lo Re­la­tó­rio de De­si­gual­da­de Glo­bal de Gê­ne­ro 2016 do Fó­rum Econô­mi­co Mun­di­al. En­tre 144 paí­ses ava­li­a­dos pe­lo fó­rum, o Brasil ocu­pa ape­nas a 129ª po­si­ção no que se re­fe­re à igual­da­de de sa­lá­ri­os en­tre gê­ne­ros. A po­si­ção bra­si­lei­ra é pre­o­cu­pan­te já que al­guns paí­ses on­de acon­te­cem vi­o­la­ções aos di­rei­tos das mu­lhe­res, co­mo Irã, Iê­men e Ará­bia Sau­di­ta es­tão em me­lhor po­si­ção que o Brasil no ran­king de sa­lá­ri­os. Em car­gos exe­cu­ti­vos, por exem­plo, a di­fe­ren­ça sa­la­ri­al en­tre ho­mens e mu­lhe­res é de mais de 50%. Além dis­so, se­gun­do o es­tu­do que ana­li­sou os sa­lá­ri­os de ho­mens e mu­lhe­res em cen­te­nas de paí­ses, a pre­sen­ça de bra­si­lei­ras no mer­ca­do de tra­ba­lho tam­bém é me­nor do que a dos ho­mens 62% con­tra 83% de ho­mens. No as­pec­to da com­po­si­ção de ren­da, as mu­lhe­res bra­si­lei­ras ga­nham por ano US$ 11,6 mil. Já a ren­da mé­dia dos ho­mens bra­si­lei­ros é de US$ 20 mil.

jor­ge.sou­za@re­de­bahia.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.