De­sa­fi­os de Verô­ni­ca para con­ti­nu­ar atriz

Correio da Bahia - - Vida -

As con­sequên­ci­as de ter um fi­lho ain­da sol­tei­ra são in­cal­cu­lá­veis na vi­da pes­so­al e pro­fis­si­o­nal de Verô­ni­ca, per­so­na­gem de Dé­bo­ra Fa­la­bel­la na sé­rie Na­da Se­rá Co­mo An­tes. Pro­ta­go­ni­zan­do o mai­or su­ces­so da TV Gu­a­na­ba­ra, fi­ca ca­da vez mais di­fí­cil para ela dis­far­çar a gra­vi­dez: “Se des­co­brem que Verô­ni­ca vai ter um fi­lho sem pai, a car­rei­ra de­la vai para o bre­jo”, diz Sau­lo (Mu­ri­lo Be­ní­cio) para Aris­ti­des (Bru­no Gar­cia), de­ci­din­do, en­tão, an­te­ci­par o fim da no­ve­la an­tes que o pú­bli­co des­cu­bra. Lon­ge dos ho­lo­fo­tes, mas não do olhar con­ser­va­dor da so­ci­e­da­de da épo­ca, são pou­cas as al­ter­na­ti­vas da mo­ça. Com me­do de en­fren­tar so­zi­nha o ris­co de aca­bar com a car­rei­ra, ela pe­de aju­da à mãe Lour­des (Su­sa­na Ri­bei­ro), a quem não vi­si­ta­va há mais de fez anos. A ideia de Verô­ni­ca é pe­dir aos pais que fi­quem com a cri­an­ça até ela se or­ga­ni­zar. Na­da Se­rá Co­mo An­tes é uma sé­rie de Gu­el Ar­ra­es e Jor­ge Fur­ta­do com di­re­ção ar­tís­ti­ca de Jo­sé Luiz Vil­la­ma­rim.

Mãe sol­tei­ra, Verô­ni­ca vol­ta ao in­te­ri­or e pe­de aju­da aos pais

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.