Mais da me­ta­de dos apo­sen­ta­dos con­ti­nua a tra­ba­lhar, diz Ipea

Correio da Bahia - - Economia -

PRE­VI­DÊN­CIA Um es­tu­do do Ins­ti­tu­to de Pes­qui­sa Econô­mi­ca Apli­ca­da (Ipea) re­ve­la que en­tre os ido­sos com 60 anos ou mais, 51,6% dos ho­mens apo­sen­ta­dos e 55,5% das mu­lhe­res apo­sen­ta­das se­guem ati­vos no mer­ca­do de tra­ba­lho. E que o prin­ci­pal mo­ti­vo pa­ra is­so é a ne­ces­si­da­de de com­ple­men­ta­ção de ren­da, já que pa­ra 47% dos apo­sen­ta­dos que tra­ba­lham, o be­ne­fí­cio do INSS (Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal do Se­gu­ro So­ci­al) não é su­fi­ci­en­te. Ain­da segundo a pes­qui­sa - que in­te­gra o li­vro Po­lí­ti­ca Na­ci­o­nal do Ido­so, Ve­lhas e No­vas Ques­tões - em mé­dia, os ho­mens tra­ba­lham por mais qua­tro anos após a apo­sen­ta­do­ria e as mu­lhe­res por mais dois anos. A in­ves­ti­ga­ção apon­ta que a prin­ci­pal cau­sa pa­ra o fenô­me­no é o fa­tor pre­vi­den­ciá­rio. O ins­tru­men­to vin­cu­la o va­lor do be­ne­fí­cio à ida­de da apo­sen­ta­do­ria, sen­do que quan­to me­nor a ida­de, me­nor o be­ne­fí­cio. O ins­tru­men­to, con­tu­do, não cum­priu sua mis­são e a mai­o­ria dos tra­ba­lha­do­res acei­tou per­der par­te do be­ne­fí­cio pa­ra se apo­sen­tar mais ce­do. O segundo mo­ti­vo é o au­men­to da ex­pec­ta­ti­va de vi­da da po­pu­la­ção, que ele­va o li­mi­te da ida­de pro­du­ti­va dos tra­ba­lha­do­res. A pes­qui­sa in­di­ca, ain­da, que a in­ser­ção dos apo­sen­ta­dos no mer­ca­do de tra­ba­lho é pre­ca­ri­za­da. O apo­sen­ta­do acei­ta um sa­lá­rio mais bai­xo pa­ra com­ple­men­tar a ren­da, ou tra­ba­lhar in­for­mal­men­te (sem car­tei­ra), ou tra­ba­lhar por con­ta pró­pria e di­fi­cil­men­te vol­ta a con­tri­buir com o INSS. Pa­ra uma das or­ga­ni­za­do­ras do li­vro, a eco­no­mis­ta Ana Amé­lia Ca­ra­ma­no, os nú­me­ros re­for­çam a ne­ces­si­da­de da ado­ção da ida­de mí­ni­ma pa­ra a apo­sen­ta­do­ria, mas es­sa me­di­da tem de vir acom­pa­nha­da de ou­tras que com­ba­tam tan­to a in­for­ma­li­da­de quan­to o pre­con­cei­to que per­mei­am a in­ser­ção do ido­so no mer­ca­do de tra­ba­lho.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.