Su­pre­mo con­fir­ma pri­são após de­ci­são de se­gun­da ins­tân­cia

Correio da Bahia - - Brasil -

JUS­TI­ÇA O Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) con­fir­mou on­tem que réus con­de­na­dos por tri­bu­nais de se­gun­da ins­tân­cia já po­dem co­me­çar a cum­prir a sen­ten­ça, an­tes do es­go­ta­men­to de to­dos os re­cur­sos nos tri­bu­nais su­pe­ri­o­res. A cor­te re­a­li­zou um jul­ga­men­to vir­tu­al que for­ma­li­zou a re­per­cus­são ge­ral da de­ci­são de ou­tu­bro. Is­so quer di­zer que as ins­tân­ci­as in­fe­ri­o­res da Jus­ti­ça de­vem ado­tar o mes­mo en­ten­di­men­to do STF. Em ou­tu­bro, fo­ram jul­ga­das du­as ações mo­vi­das pe­la OAB (Or­dem dos Ad­vo­ga­dos do Bra­sil) e pe­lo PEN (Par­ti­do Eco­ló­gi­co Na­ci­o­nal) que ques­ti­o­na­vam a le­ga­li­da­de da pri­são nes­sas cir­cuns­tân­ci­as. Na­que­la oca­sião, por seis vo­tos a cin­co, os mi­nis­tros en­ten­de­ram que o cum­pri­men­to da pe­na já de­ve co­me­çar após a con­de­na­ção em se­gun­do grau. Os ques­ti­o­na­men­tos da OAB e do PEN fo­ram mo­ti­va­dos por um jul­ga­men­to do Su­pre­mo de fe­ve­rei­ro des­te ano, quan­do, ao ana­li­sar um ca­so es­pe­cí­fi­co, a mai­o­ria dos mi­nis­tros de­ci­diu que aque­le réu, con­de­na­do em se­gun­da ins­tân­cia, já de­ve­ria ser pre­so. Co­mo a de­ci­são de ou­tu­bro ge­rou con­tro­vér­si­as so­bre sua apli­ca­ção, o mi­nis­tro Te­o­ri Za­vasc­ki propôs abrir uma vo­ta­ção vir­tu­al pa­ra que os mi­nis­tros se ma­ni­fes­tas­sem. Por seis vo­tos a qua­tro, o tri­bu­nal re­a­fir­mou a ju­ris­pru­dên­cia do­mi­nan­te so­bre o as­sun­to. Fo­ram ven­ci­dos os mi­nis­tros Cel­so de Mel­lo, Di­as Tof­fo­li, Marco Au­ré­lio e Ri­car­do Lewan­dows­ki, que vo­ta­ram pe­lo não cum­pri­men­to da pe­na.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.