Igual­da­de de gê­ne­ros vai le­var 95 anos, diz es­tu­do

Correio da Bahia - - Mais -

Ain­da se­rão ne­ces­sá­ri­os 95 anos pa­ra que mu­lhe­res e ho­mens che­guem a uma si­tu­a­ção de ple­na igual­da­de no Bra­sil, se­gun­do pes­qui­sa do Fó­rum Econô­mi­co Mun­di­al. Em to­do o mun­do, a es­ti­ma­ti­va é que es­ta la­cu­na de de­si­gual­da­de le­ve 170 anos pa­ra ser pre­en­chi­da.

Na com­pa­ra­ção com ou­tras re­giões do pla­ne­ta, o Bra­sil es­tá atrás da Eu­ro­pa Oci­den­tal, on­de fal­tam 47 anos pa­ra a igual­da­de ser al­can­ça­da, além de Áfri­ca sub­sa­ri­a­na (63 anos), Eu­ro­pa Ori­en­tal e Ásia Cen­tral (93 anos) e a pró­pria Amé­ri­ca La­ti­na e

Ca­ri­be (61 anos).

O Bra­sil fi­cou na 79ª po­si­ção no ran­king glo­bal de 2016 en­tre os 144 paí­ses ana­li­sa­dos so­bre igual­da­de de gê­ne­ros. Ou­tros paí­ses da Amé­ri­ca La­ti­na fi­ca­ram na fren­te, co­mo Bo­lí­via (23º), Cos­ta Ri­ca (32º) e Ar­gen­ti­na (33º). Os pri­mei­ros da lis­ta são Is­lân­dia, Fin­lân­dia (2º), No­ru­e­ga (3º), Sué­cia (4º) e Ru­an­da (5º).

Na ava­li­a­ção, que vai de 0.00 a 1.00, o Bra­sil fi­cou com mé­dia 0.687 em 2016. Há exa­tos dez anos, o país es­ta­va na 67ª po­si­ção no ran­king com 0.654. Quan­do o as­sun­to é par­ti­ci­pa­ção econô­mi­ca e opor­tu­ni­da­de pa­ra as mu­lhe­res, o Bra­sil es­tá ain­da mais atra­sa­do: ocu­pa ape­nas a 91ª po­si­ção. Em 2006, o país es­ta­va em 63º lu­gar.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.