Ir­mão de Val­dir so­freu aten­ta­do há um mês

Correio da Bahia - - Mais -

An­tes de Val­dir ser as­sas­si­na­do, no úl­ti­mo sá­ba­do (12), o ir­mão de­le, tam­bém fun­ci­o­ná­rio do sa­lão, so­freu um aten­ta­do na saí­da do es­ta­be­le­ci­men­to, no dia 15 de ou­tu­bro. Re­gi­nal­do Ma­nu­el da Sil­va, 45 anos, o Re­gi­nho, foi ba­le­a­do e ain­da es­tá in­ter­na­do no Hos­pi­tal Ge­ral do Es­ta­do (HGE), se­gun­do ami­gos.

Pes­so­as pró­xi­mas ao ca­be­lei­rei­ro acre­di­tam que o cri­me te­nha re­la­ção com o aten­ta­do so­fri­do pe­lo ir­mão de­le. Se­gun­do ami­gos, o mo­ti­vo do aten­ta­do foi o en­vol­vi­men­to de Re­gi­nho com uma mu­lher ca­sa­da com um ho­mem li­ga­do ao trá­fi­co de dro­gas.

Ami­ga dos dois ir­mãos, a pe­da­go­ga Ja­ci­ra Sa­cra­men­to de San­ta­na dis­se tam­bém não en­ten­der o aten­ta­do a Re­gi­nho. “Ele tam­bém não tem ini­mi­gos, é um ca­ra do bem, tra­ba­lha lá no sa­lão, co­mo as ou­tras ir­mãs de Val­dir”.

Ou­tra ver­são é que a mor­te de Val­dir es­te­ja li­ga­da às ame­a­ças que ele so­freu após des­fa­zer uma so­ci­e­da­de em um ne­gó­cio de ou­tro ra­mo. “Ele des­fez a so­ci­e­da­de que não es­ta­va dan­do cer­to e pro­cu­rou al­gu­mas pes­so­as pa­ra ti­rar o ma­te­ri­al do es­ta­be­le­ci­men­to. Po­de ter si­do uma vin­gan­ça des­sa pes­soa, que já ti­nha fei­to al­gu­mas ame­a­ças”, dis­se um ami­go, sem se iden­ti­fi­car.

Ape­sar de o no­me de Re­gi­nho cons­tar en­tre as ví­ti­mas de ten­ta­ti­va de ho­mi­cí­dio da Se­cre­ta­ria de Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca da Bahia (SSP-BA), a Po­li­cia Ci­vil não in­for­mou as ra­zões do ata­que.

Em lu­to, Ale­xan­dre Pires pos­tou fo­to com Val­dir

Sil­va­no Sal­les di­vul­ga­va o sa­lão de Val­dir em shows

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.