Ter­ra da ca­noa

Correio da Bahia - - Esporte - Ivan Di­as Mar­ques ivan.mar­ques@re­de­bahia.com.br

Bai­a­nos aju­dam com 19 das 53 me­da­lhas do Bra­sil na Ar­gen­ti­na

A Bahia é, ca­da vez mais, a ter­ra da canoagem no Bra­sil. No úl­ti­mo fi­nal de se­ma­na os atle­tas bai­a­nos con­quis­ta­ram - ou di­vi­di­ram a con­quis­ta - 19 das 53 me­da­lhas que o país le­vou no Sul-Ame­ri­ca­no de Canoagem Ve­lo­ci­da­de, ocor­ri­do em Ti­gre, na Ar­gen­ti­na.

As dis­pu­tas ocor­re­ram nas ca­te­go­ri­as jú­ni­or (até 18 anos), sub-23 e sê­ni­or. E ain­da que Isa­qui­as Qu­ei­roz se­ja jovem, com 22 anos, a ge­ra­ção se­guin­te já es­tá ga­ran­ti­da.

O mai­or me­da­lhis­ta bra­si­lei­ro em Olim­pía­das fez a sua par­te. Isa­qui­as le­vou o ou­ro no C1 1000m (com tem­po que lhe da­ria o ou­ro olím­pi­co no Rio-2016, em que foi pra­ta), C1 500m e C1 200m. No jú­ni­or, o ita­ca­re­en­se Jacky God­mann, 17 anos, le­vou ou­ro tam­bém nas três ca­te­go­ri­as. No Sub-23, Mai­co dos San­tos, 21 anos, nas­ci­do em Va­len­ça, fi­cou em pri­mei­ro no C1 1000m e no C1 500m. Ele não dis­pu­tou o C1 200m.

Par­cei­ro de Isa­qui­as no Rio-2016, Er­lon Souza, ago­ra ao la­do de Ro­nil­son Oli­vei­ra, foi ou­ro no C2 1000m, C2 500m e C2 200m. Val­de­ni­ce Con­cei­ção fi­cou no to­po no C1 200m e no C2 200m, com Rai­a­na da Sil­va. Rai­a­na Reis e Tâ­nia da Pai­xão, de Ita­ca­ré, fo­ram ou­ro no C2 200m jú­ni­or.

So­zi­nha, Rai­a­na fi­cou ain­da com a pra­ta no C1 200m e o bron­ze no C1 500m, am­bos en­tre os ju­ni­o­res. A du­pla Af­fon­so de Oli­vei­ra e Mil­ton de Oli­vei­ra fi­ca­ram com a pra­ta no C2 1000m, C2 500m e C2 200m, nos ju­ni­o­res.

Isa­qui­as em ação du­ran­te o sul-ame­ri­ca­no de canoagem

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.