A ho­ra é boa pa­ra alu­gar

Correio da Bahia - - Mais - Ma­ri­a­na Sa­les ma­ri­a­na.sa­les@re­de­bahia.com.br

Se vo­cê es­tá à pro­cu­ra de uma ca­sa ou apar­ta­men­to pa­ra alu­gar em Salvador, es­sa é a ho­ra de fe­char o ne­gó­cio. O pre­ço do alu­guel na ca­pi­tal bai­a­na caiu 8,92% nos úl­ti­mos 12 me­ses en­cer­ra­dos em ou­tu­bro e o va­lor no­mi­nal mé­dio do m² pa­ra alu­guéis atin­giu - no mês pas­sa­do - o va­lor mais bai­xo no mes­mo pe­río­do. Os da­dos são do ín­di­ce DMI-Vi­vaRe­al, que apon­ta ain­da que, em ou­tu­bro des­te ano, o pre­ço do m² pa­ra alu­guel foi de R$ 21,25, o que re­pre­sen­ta uma des­va­lo­ri­za­ção de 4,37% em re­la­ção ao mês an­te­ri­or.

“Pa­ra qu­em quer alu­gar é um mo­men­to bom por­que as pes­so­as es­tão dis­pos­tas a ne­go­ci­ar”, afir­ma Ali­ne Bor­ba­lan, che­fe de in­te­li­gên­cia de mer­ca­do da Vi­vaRe­al. “A pro­cu­ra pe­lo alu­guel é mai­or em um mo­men­to em que os cli­en­tes não es­tão con­fi­an­tes o bas­tan­te pa­ra com­prar. Na me­di­da em que a eco­no­mia vai se tor­nan­do mais es­tá­vel, o mer­ca­do de ven­das se for­ta­le­ce e o alu­guel tem que se adap­tar”, com­ple­ta.

Os bair­ros cu­jos pre­ços de alu­guel mais se des­va­lo­ri­za­ram em ou­tu­bro são Ar­ma­ção, Pa­ra­le­la, Pi­tu­ba, Pa­ta­ma­res e Pi­a­tã (ver ao la­do). Foi exa­ta­men­te pe­lo va­lor mais em con­ta, as­sim co­mo a pro­xi­mi­da­de da praia, o que le­vou o em­pre­sá­rio Kil­da­re Si­mões a alu­gar um apar­ta­men­to no bair­ro de Pa­ta­ma­res. “Tu­do po­de ser ne­go­ci­a­do ho­je em dia. Uma coi­sa que per­ce­bi foi que, co­mo as ta­xas de con­do­mí­nio são mui­to al­tas e fi­xas, os pro­pri­e­tá­ri­os se mos­tram dis­po­ní­veis pa­ra ne­go­ci­ar o va­lor do alu­guel pa­ra com­pen­sar”, diz. PACIÊNCIA

Si­mões con­ta que o alu­guel é uma boa op­ção pa­ra ele, que pre­ten­de jun­tar di­nhei­ro pa­ra ad­qui­rir um apar­ta­men­to. “Nem to­do mun­do tem R$ 500 mil pa­ra dar de vez. As­sim, é im­por­tan­te ava­li­ar as op­ções an­tes de to­mar uma de­ci­são. E é is­so o que eu fa­ço. Vou ob­ser­var co­mo o mer­ca­do vai se apre­sen­tar no iní­cio do ano pa­ra sa­ber co­mo agir”.

Pro­pri­e­tá­rio da Te­to Be­lo Imó­veis, Marcelo Agui­ar con­cor­da que mui­tos de seus cli­en­tes têm alu­ga­do imó­veis co­mo uma me­di­da cau­te­lo­sa até dar o pró­xi­mo pas­so ru­mo à com­pra. “Por cau­sa da cri­se, mui­tos pre­fe­rem alu­gar. Es­te é o mo­men­to pa­ra alu­gar, já que é uma ma­nei­ra de mo­rar em um imó­vel até ter con­di­ções de ad­qui­rir ou­tro”.

Em ou­tu­bro do ano pas­sa­do, o pre­ço no­mi­nal mé­dio do m² pa­ra alu­guel era de R$ 23,33, o que com­pa­ra­do aos R$ 21,25 do mes­mo mês de 2016, sig­ni­fi­ca uma que­da de 8,92%. Ain­da de acor­do com o le­van­ta­men­to, den­tre os con­su­mi­do­res que es­tão à pro­cu­ra de imó­veis, 42% es­tão in­te­res­sa­dos em alu­gar.

ES­CO­LHA

De acor­do com Jo­sé Al­ber­to Vas­con­cel­los, 2º vi­ce-pre­si­den­te do Con­se­lho Re­gi­o­nal de Cor­re­to­res de Imó­veis (Cre­ci-BA), os bair­ros que apre­sen­ta­ram mai­or des­va­lo­ri­za­ção são os que têm mai­or ofer­ta. “Eles têm mui­tos imó­veis pa­ra alu­gar, o que acir­ra a con­cor­rên­cia. Ou­tra coi­sa que con­tri­buiu pa­ra is­so foi o au­men­to doIPTU, que foi sig­ni­fi­ca­ti­vo nos úl­ti­mos dois anos”, ob­ser­va.

A ad­mi­nis­tra­do­ra de em­pre­sas Da­ni­e­la Bri­to aca­ba de se mu­dar, com a fa­mí­lia, pa­ra a Pa­ra­le­la. “O pre­ço é bom e fi­ca per­to do tra­ba­lho. Pa­ga­mos o equi­va­len­te a R$ 22 pe­lo m² no alu­guel”, con­ta. O pre­ço pa­go es­tá R$ 2,78 abai­xo da mé­dia da re­gião.

Se­gun­do Ali­ne Bor­bo­lan, do Vi­vaRe­al, mo­rar em um bair­ro cen­tral é a pri­o­ri­da­de da mai­o­ria das pes­so­as. “É cla­ro que ca­da bair­ro tem sua pe­cu­li­a­ri­da­de, po­rém, ge­ral­men­te as re­giões mais pro­cu­ra­das são as mais tu­rís­ti­cas, com prai­as e com me­lhor aces­so a ser­vi­ços e trans­por­tes”, de­fen­de.

Imó­veis pa­ra alu­gar fi­cam qua­se 9% mais ba­ra­tos em um ano

PANORAMA NA­CI­O­NAL

Pa­ra a pes­qui­sa DMI-Vi­vaRe­al foi con­tem­pla­da uma amos­tra de 30 ci­da­des em di­fe­ren­tes re­giões do país. No úl­ti­mo mês, a mé­dia na­ci­o­nal foi de R$ 23,68 no m² pa­ra alu­guel, des­va­lo­ri­za­ção de 2,11% em re­la­ção a se­tem­bro.

Salvador é a sex­ta ci­da­de mais ca­ra pa­ra alu­guel de imó­veis no ran­king. Em pri­mei­ro lu­gar es­tá São Pau­lo, com o va­lor do m² a R$ 35.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.