Gru­po in­va­de Câ­ma­ra e pe­de vol­ta dos mi­li­ta­res

Correio da Bahia - - Brasil -

‘GE­NE­RAL AQUI’ Um gru­po de cer­ca de 50 pes­so­as in­va­diu on­tem o ple­ná­rio da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos em de­fe­sa da in­ter­ven­ção mi­li­tar no País, do com­ba­te à cor­rup­ção, do juiz Sér­gio Mo­ro e da Ope­ra­ção La­va Ja­to. A in­va­são co­me­çou no meio da tar­de, quan­do ho­mens e mu­lhe­res, en­tre jo­vens e ido­sos, pas­sa­ram cor­ren­do pe­lo de­tec­tor de me­tais da en­tra­da prin­ci­pal do pré­dio e, no se­gun­do pa­vi­men­to, que­bra­ram a por­ta de vi­dro que dá aces­so ao ple­ná­rio.

O de­pu­ta­do Wal­dir Ma­ra­nhão (PP-MA), que pre­si­dia uma ses­são, foi al­vo de gri­tos co­mo "sai fo­ra", "sai fo­ra". O de­pu­ta­do Jú­lio Del­ga­do (PSB-MG) ten­tou con­ter os ma­ni­fes­tan­tes: "Nin­guém to­ca no Ma­ra­nhão", di­zia. Par­la­men­ta­res aju­da­ram, en­tão, a re­ti­rar Ma­ra­nhão do lo­cal. Nes­se mo­men­to, vá­ri­as pes­so­as su­bi­ram na me­sa pa­ra pe­dir in­ter­ven­ção do Exér­ci­to na Ca­sa. "Ge­ne­ral, aqui", "ge­ne­ral, aqui", gri­ta­vam. A Po­lí­cia Le­gis­la­ti­va da Câ­ma­ra che­gou com pis­to­las de cho­que elé­tri­co pa­ra re­ti­rar os ma­ni­fes­tan­tes, que re­sol­ve­ram re­a­gir com so­cos. Al­guns fo­ram ar­ras­ta­dos pa­ra fo­ra do ple­ná­rio. A po­lí­cia, en­tão, re­ti­rou fun­ci­o­ná­ri­os e jor­na­lis­tas do ple­ná­rio. Um agen­te de po­lí­cia, um se­cre­tá­rio par­la­men­tar e um in­va­sor saí­ram fe­ri­dos.

A re­a­ção ao ato con­se­guiu um fei­to ra­ro no mo­men­to atu­al da poi­ti­ca bra­si­lei­ra, unir par­ti­dos da es­quer­da à di­rei­ta. O de­pu­ta­do Jo­sé Car­los Ale­luia (DEM-BA) afir­mou que a Câ­ma­ra es­ta­va "uni­da". "Uma coi­sa é um gru­po de ín­di­os, um ou­tro mo­vi­men­to so­ci­al in­va­dir a Ca­sa pa­ra fa­zer al­gu­ma rei­vin­di­ca­ção. Ou­tra é um ban­do de cri­mi­no­sos, ban­do­lei­ros, dis­pos­to a aca­bar com a de­mo­cra­cia", dis­se. "Nin­guém vai pas­sar a mão na ca­be­ça des­sa gen­te", afir­mou.

Já o de­pu­ta­do pe­tis­ta Hen­ri­que Fon­ta­na (RS) dis­se que o am­bi­en­te po­lí­ti­co no País tem fa­vo­re­ci­do o sur­gi­men­to de gru­pos ra­di­cais co­mo o que se ma­ni­fes­tou on­tem. "Des­de a elei­ção de 2014, foi cri­a­do um am­bi­en­te que per­mi­te po­si­ções ex­tre­mis­tas", afir­mou. Foi o pri­mei­ro se­cre­tá­rio da Câ­ma­ra, Be­to Man­sur (PRB-SP), que ne­go­ci­ou a saí­da dos ma­ni­fes­tan­tes do ple­ná­rio e to­dos os in­va­so­res fo­ram en­ca­mi­nha­dos pa­ra o De­par­ta­men­to de Po­lí­cia Le­gis­la­ti­va do Congresso. A ma­ni­fes­ta­ção atra­pa­lhou os tra­ba­lhos do Congresso. A vo­ta­ção do re­la­tó­rio fi­nal da co­mis­são que ana­li­sa o pa­co­te de me­di­das con­tra cor­rup­ção pro­pos­to pe­lo Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral foi adi­a­da pa­ra ho­je. Ofi­ci­al­men­te, a reu­nião não acon­te­ceu por con­ta da in­va­são, mas de­pu­ta­dos de di­ver­sos par­ti­dos tra­ba­lha­ram o dia in­tei­ro pa­ra que o re­la­tor Onyx Lo­ren­zo­ni (DEM-RS) fi­zes­se al­te­ra­ções no tex­to com o ob­je­ti­vo de man­ter no pa­co­te a pre­vi­são de cri­me de res­pon­sa­bi­li­da­de pa­ra juí­zes, pro­cu­ra­do­res e pro­mo­to­res, além de ten­tar apro­var a anis­tia re­tro­a­ti­va pa­ra po­lí­ti­cos que te­nham co­me­ti­do cri­me de cai­xa 2.

Protesto foi re­pri­mi­do pe­la po­lí­cia le­gis­la­ti­va e atra­sou tra­ba­lhos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.