PAR­TI­CU­LA­RES

Correio da Bahia - - Mais -

Fa­cul­da­des ain­da têm ves­ti­bu­la­res agen­da­dos; con­fi­ra os pra­zos

Gran­de par­te das fa­cul­da­des par­ti­cu­la­res ain­da es­tá com ins­cri­ções aber­tas, mui­tas até es­sa se­ma­na. Al­gu­mas ain­da ofe­re­cem um ves­ti­bu­lar agen­da­do, pa­ra ofe­re­cer mai­or fle­xi­bi­li­da­de aos can­di­da­tos. Ve­ja abai­xo as da­tas fi­nais de ins­cri­ção pa­ra o pro­ces­so se­le­ti­vo das prin­ci­pais ins­ti­tui­ções pri­va­das de Salvador e Re­gião Me­tro­po­li­ta­na.

En­trar na fa­cul­da­de pri­va­da sem fa­zer ves­ti­bu­lar

Mui­tas ins­ti­tui­ções pri­va­das já fa­zem co­mo as pú­bli­cas e acei­tam a no­ta do Enem co­mo cri­té­rio de se­le­ção. Ca­da fa­cul­da­de cria su­as re­gras. Por exem­plo, a Uni­jor­ge, em Salvador, exi­ge um mí­ni­mo de 450 pon­tos no Enem.

Fa­zer uma gra­du­a­ção em Por­tu­gal

Al­gu­mas uni­ver­si­da­des re­no­ma­das de Por­tu­gal, co­mo a de Coim­bra e da Bei­ra In­te­ri­or, acei­tam a no­ta do Enem pa­ra en­trar na ins­ti­tui­ção. Ca­da uma tem um sis­te­ma di­fe­ren­te de pe­so das pro­vas do exa­me, que tam­bém de­pen­de do cur­so pre­ten­di­do, pa­ra de­fi­nir quem po­de en­trar. Ne­nhu­ma de­las é gra­tui­ta, mas exis­te a pos­si­bi­li­da­de de bol­sas par­ci­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.