Im­pe­a­ch­ment não de­ve pas­sar por re­vi­são

Correio da Bahia - - Brasil -

SE­NA­DO A Ad­vo­ca­cia do Se­na­do de­fen­deu na úl­ti­ma quar­ta-fei­ra, em ma­ni­fes­ta­ção en­ca­mi­nha­da ao Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF), a re­jei­ção do man­da­do de se­gu­ran­ça im­pe­tra­do pe­la de­fe­sa da ex-pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff pa­ra anu­lar o im­pe­a­ch­ment. Na ava­li­a­ção do Se­na­do, não ca­be re­vi­são ju­di­ci­al do pro­ces­so de im­pe­di­men­to, que cul­mi­nou com a cas­sa­ção de Dil­ma. A de­fe­sa da ex-pre­si­den­te in­terpôs em 29 de se­tem­bro um man­da­do de se­gu­ran­ça de 493 pá­gi­nas, na­que­le que de­ve ser o úl­ti­mo re­cur­so pe­din­do a anu­la­ção do im­pe­a­ch­ment pe­lo STF. O ple­ná­rio da Cor­te ain­da de­ve ana­li­sar o mé­ri­to do man­da­do, úl­ti­mo ato re­la­ci­o­na­do ao ca­so. “O Se­na­do Fe­de­ral não en­ten­de ca­bí­vel a re­vi­são ju­di­ci­al dos atos do pro­ces­so do im­pe­a­ch­ment”, diz a Ad­vo­ca­cia da Ca­sa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.