Cons­ci­ên­cia à bai­a­na

Correio da Bahia - - Vida - Ju­lia Di­niz ju­lia.di­niz@re­de­bahia.com.br

O som da per­cus­são e os pas­sos de ca­po­ei­ra en­che­ram o Lar­go do Pe­lou­ri­nho. Des­sa vez não era uma atra­ção tu­rís­ti­ca que fez os vi­si­tan­tes in­ter­rom­pe­rem seu pas­seio pa­ra ad­mi­rar. Os olha­res se vol­ta­ram oa­ra a gra­va­ção do qua­dro Ho­je é Dia De..., do pro­gra­ma Co­mo Se­rá?, apre­sen­ta­do pe­la jor­na­lis­ta San­dra An­nen­berg.

A atra­ção, que abor­da um te­ma di­fe­ren­te e vi­si­ta um no­vo lu­gar a ca­da se­ma­na, de­sem­bar­cou em Sal­va­dor pa­ra gra­var o Ho­je é Dia De Cons­ci­ên­cia Ne­gra. As ce­nas, fil­ma­das du­ran­te qua­tro di­as no Pe­lou­ri­nho, vão ao ar ama­nhã, vés­pe­ra do Dia Na­ci­o­nal da Cons­ci­ên­cia Ne­gra, às 6h, na Glo­bo/TV Bahia.

“Sal­va­dor é uma ci­da­de on­de a cul­tu­ra ne­gra é mui­to for­te e va­lo­ri­za­da. O que es­ta­mos res­sal­tan­do aqui são pes­so­as que tra­zem a ne­gri­tu­de e que atra­vés do tra­ba­lho de­las con­se­gui­ram pro­mo­ver um res­ga­te do que é ser ne­gro no Bra­sil”, dis­se o apre­sen­ta­dor do qua­dro, o ca­ri­o­ca Alexandre Hen­der­son, so­bre a es­co­lha da ci­da­de pa­ra fil­mar o es­pe­ci­al em ho­me­na­gem à da­ta. Pro­pon­do a ce­le­bra­ção e re­fle­xão so­bre a cul­tu­ra afro-bra­si­lei­ra sem per­der o bom humor, o apre­sen­ta­dor vi­si­tou es­pa­ços e fa­lou com ne­gros de des­ta­que na ci­da­de, que tem pre­o­cu­pa­ção com o em­po­de­ra­men­to e a re­pre­sen­ta­ti­vi­da­de.

PER­SO­NA­LI­DA­DES

A pri­mei­ra pa­ra­da foi no sa­lão da Ne­gra Jhô, ca­be­le­lei­ra es­pe­ci­a­li­za­da em pen­te­a­dos afros, on­de fa­la­ram so­bre o te­ma Meu Ca­be­lo é Afro, tra­zen­do a fa­mo­sa per­so­na­li­da­de pa­ra dis­cu­tir a im­por­tân­cia do ca­be­lo crespo e pen­te­a­dos afros pa­ra a iden­ti­da­de do ne­gro.

Pa­ra fa­lar so­bre a ca­po­ei­ra, os mem­bros da As­so­ci­a­ção Cul­tu­ral de Ca­po­ei­ra Man­gan­gá ar­ma­ram uma ro­da em fren­te à Fun­da­ção Jor­ge Ama­do, on­de can­ta­ram, dan­ça­ram e Hen­der­son até ar­ris­cou al­guns pas­sos. As in­fluên­ci­as afri­ca­nas na gas­tro­no­mia bra­si­lei­ra fo­ram mos­tra­das com a fa­mo­sa qui­tu­tei­ra Da­dá. Não po­dia fal­tar o ba­tu­que do Olo­dum, que ou­tra vez atraiu os tu­ris­tas no Ter­rei­ro de Je­sus com seus tam­bo­res e per­cus­são. De­pois do show, o apre­sen­ta­dor vi­si­tou a Es­co­la Olo­dum e fa­lou so­bre sua fi­lo­so­fia de en­si­no e his­tó­ria dos ritmos.

TV

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.