24h La­va Ja­to de­vol­ve R$ 204 mi pa­ra a Pe­tro­bras

Correio da Bahia - - Brasil -

COM­BA­TE À COR­RUP­ÇÃO Re­pre­sen­tan­tes da for­ça-ta­re­fa da Ope­ra­ção La­va Ja­to anun­ci­a­ram on­tem a de­vo­lu­ção, pa­ra a Pe­tro­bras, de R$ 204 mi­lhões que te­ri­am si­do des­vi­a­dos em ope­ra­ções frau­du­len­tas. Os re­cur­sos são re­sul­ta­dos de 21 acor­dos re­a­li­za­dos com pes­so­as fí­si­cas e ju­rí­di­cas acu­sa­das de par­ti­ci­par de ope­ra­ções ilí­ci­tas. Foi a ter­cei­ra de­vo­lu­ção fei­ta pe­la for­ça-ta­re­fa, to­ta­li­zan­do R$ 500 mi­lhões. Nas ou­tras du­as oca­siões, fo­ram re­em­bol­sa­dos R$ 157 mi­lhões e R$ 139 mi­lhões à es­ta­tal. Des­ses acor­dos, 18 são de co­la­bo­ra­ção pre­mi­a­da – ce­le­bra­dos com pes­so­as fí­si­cas – e três são de le­ni­ên­cia – fei­tos com pes­so­as ju­rí­di­cas. “A Pe­tro­bras e a so­ci­e­da­de bra­si­lei­ra são ví­ti­mas di­re­tas des­te pro­ces­so. Mais do que di­nhei­ro, que­re­mos de­vol­ver ao Bra­sil um pou­co da sua dig­ni­da­de”, afir­mou a pro­cu­ra­do­ra-che­fe do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral do Pa­ra­ná, Pau­la Con­ti Tha. O co­or­de­na­dor da Ope­ra­ção La­va Ja­to, pro­cu­ra­dor Del­tan Dal­lag­nol, dis­se que, em re­gra, ne­nhum cen­ta­vo é de­vol­vi­do após as in­ves­ti­ga­ções e de­fen­deu a apro­va­ção das dez me­di­das con­tra a cor­rup­ção, sé­rie de pro­pos­tas do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral que de­ve ser le­va­do pa­ra vo­ta­ção em co­mis­são da Câ­ma­ra na ter­ça-fei­ra.

“O que ve­mos hoje, sa­tis­fei­tos, é o sen­ti­men­to de jus­ti­ça de um po­vo que es­tá acos­tu­ma­do a não re­a­ver ne­nhum tos­tão”, dis­se. “Pre­ci­sa­mos tam­bém re­cu­pe­rar o or­gu­lho dos fun­ci­o­ná­ri­os da Pe­tro­brás. Eles tam­bém fo­ram ví­ti­mas. Dos 70 mil fun­ci­o­ná­ri­os da es­ta­tal, ape­nas se­te es­tão im­pli­ca­dos nos des­vi­os”, afir­mou Dal­lag­nol. Se­gun­do a Pro­cu­ra­do­ria, a re­cu­pe­ra­ção des­te mon­tan­te é re­sul­ta­do de “uma in­ves­ti­ga­ção téc­ni­ca, co­or­de­na­da e efi­ci­en­te de­sen­vol­vi­da pe­la equi­pe do MPF em con­jun­to com ou­tros ór­gãos, co­mo a Po­lí­cia Fe­de­ral e Re­cei­ta Fe­de­ral, des­de 2014, quan­do o me­ga­es­que­ma de cor­rup­ção e des­vi­os de re­cur­sos da Pe­tro­bras foi des­co­ber­to”. O pre­si­den­te da Pe­tro­bras, Pe­dro Pa­ren­te, afir­mou que há po­ten­ci­al de res­sar­ci­men­to de mais de R$ 5,5 bi­lhões à es­ta­tal re­fe­ren­te a va­lo­res des­vi­a­dos da em­pre­sa. Pa­ren­te des­ta­cou que, com os R$ 204 anun­ci­a­dos on­tem, já são mais de R$ 500 mi­lhões que vol­tam ao cai­xa da em­pre­sa. Ele re­for­çou o com­pro­mis­so da em­pre­sa de man­ter a co­la­bo­ra­ção com as in­ves­ti­ga­ções e des­ta­cou que a Pe­tro­bras é co­au­to­ra “A Pe­tro­bras vai con­ti­nu­ar ao la­do do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral e das de­mais ins­ti­tui­ções nes­sa ação, as ações de im­pro­bi­da­de ad­mi­nis­tra­ti­va que ain­da não fo­ram ajui­za­das te­rão nos­sa par­ti­ci­pa­ção. Ace­le­rar es­se pro­ces­so é mais uma for­ma de fa­zer jus­ti­ça a to­dos”, dis­se Pa­ren­te. Ele de­cla­rou tam­bém que a es­ta­tal pe­tro­lí­fe­ra “foi ví­ti­ma de cri­mes pra­ti­ca­dos por pes­so­as que se va­le­ram dos seus car­gos pa­ra sus­ten­tar seus pro­je­tos pes­so­ais de ri­que­za e po­der”.

“Uma mi­no­ria de fun­ci­o­ná­ri­os e exe­cu­ti­vos en­ver­go­nhou a mai­o­ria de co­la­bo­ra­do­res e apo­sen­ta­dos que cons­truí­ram a gran­de­za da nos­sa com­pa­nhia”, dis­se, res­sal­tan­do que os atos só trou­xe­ram pre­juí­zos pa­ra a em­pre­sa de pe­tró­leo.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.