Chi­kun­gunya apa­re­ce em 40% das ci­da­des

Correio da Bahia - - Brasil -

SAÚDE Clas­si­fi­ca­da pe­lo mi­nis­tro da Saúde, Ri­car­do Bar­ros, co­mo o pi­or pro­ble­ma de saúde que o Bra­sil de­ve­rá en­fren­tar no pró­xi­mo Ve­rão, a chi­kun­gunya já mos­tra seu po­der de dis­se­mi­na­ção an­tes mes­mo da che­ga­da da es­ta­ção mais quen­te do ano. Da­dos do Mi­nis­té­rio da Saúde mos­tram que a do­en­ça já es­tá pre­sen­te em apro­xi­ma­da­men­te 40% dos mu­ni­cí­pi­os bra­si­lei­ros e, só nes­te ano, já pro­vo­cou 138 mor­tes. Se o Ve­rão de 2014/2015 foi mar­ca­do por uma epi­de­mia re­cor­de de den­gue no país e o de 2015/2016 cau­sou pâ­ni­co pe­la des­co­ber­ta da re­la­ção do ví­rus zi­ka com a ocor­rên­cia de mi­cro­ce­fa­lia, a es­ta­ção de 2016/2017 de­ve­rá, se­gun­do es­pe­ci­a­lis­tas, re­gis­trar uma ex­plo­são de ca­sos de chi­kun­gunya se a cir­cu­la­ção do ví­rus se­guir a mes­ma ten­dên­cia ob­ser­va­da nes­te ano. O nú­me­ro de no­ti­fi­ca­ções da do­en­ça pas­sou de 38,3 mil, em 2015, pa­ra 251 mil em 2016. No ano pas­sa­do, 696 ci­da­des bra­si­lei­ras fo­ram atin­gi­das pe­la chi­kun­gunya. “Eu di­ria que 2016 já é o ano em que a chi­kun­gunya es­tá mui­to pre­o­cu­pan­te e, ape­sar dis­so, ain­da te­mos mui­ta fal­ta de in­for­ma­ção”, ava­lia o in­fec­to­lo­gis­ta Ri­val­do Ve­nân­cio, di­re­tor da Fi­o­cruz Ma­to Gros­so do Sul.

Veí­cu­lo foi des­truí­do por seis de­ten­tos que es­pe­ra­vam trans­fe­rên­cia

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.