Qual a me­lhor op­ção: apli­car em Le­tra de Cré­di­to Imo­bi­liá­rio (LCI), Le­tra de Cré­di­to do Agro­ne­gó­cio (LCA), ou no Te­sou­ro Di­re­to?ANTÔ­NIO

Correio da Bahia - - Mais -

É mui­to co­mum as pes­so­as ten­ta­rem iden­ti­fi­car qual a me­lhor op­ção de in­ves­ti­men­to, aque­la que pa­ga mais, que tem me­lhor ren­ta­bi­li­da­de. Eu lhe di­go que é tu­do mui­to re­la­ti­vo. As Le­tras de Cré­di­to têm uma boa ren­ta­bi­li­da­de no­mi­nal e não in­ci­de im­pos­to de ren­da, o que é mui­to bom, mas a ren­ta­bi­li­da­de po­de ser in­fe­ri­or ao Te­sou­ro Di­re­to. Os Tí­tu­los Pú­bli­cos ofe­re­cem op­ções com ren­ta­bi­li­da­de re­al me­lhor que a LCI/LCA por exem­plo, de­pen­den­do do ní­vel de in­fla­ção e ta­xa de ju­ros da épo­ca. O mais im­por­tan­te é iden­ti­fi­car, de acor­do com o seu per­fil, seus pro­je­tos de vi­da, sua ca­pa­ci­da­de de pou­par e qual o ti­po de ati­vo que vai ga­ran­tir a vo­cê uma me­lhor ren­ta­bi­li­da­de. Nem sem­pre o in­ves­ti­men­to que pa­ga mais é a me­lhor op­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.