Go­ver­no da Bahia cor­ta R$ 176 mi do or­ça­men­to e afe­ta 11 se­cre­ta­ri­as

Correio da Bahia - - Economia -

GES­TÃO O go­ver­na­dor da Bahia, Rui Costa (PT), de­ter­mi­nou um con­tin­gen­ci­a­men­to de R$ 176 mi­lhões no or­ça­men­to do es­ta­do. Se­gun­do o De­cre­to nº 17.194, pu­bli­ca­do na edi­ção de ter­ça-fei­ra do Diá­rio Ofi­ci­al, o cor­te se­rá fei­to em des­pe­sas de ma­nu­ten­ção, pro­je­tos e ati­vi­da­des fi­na­lís­ti­cas de se­cre­ta­ri­as, au­tar­qui­as e fun­da­ções. Ao to­do, 11 se­cre­ta­ri­as se­rão atin­gi­das pe­la me­di­da, além da Casa Ci­vil e En­car­gos Ge­rais do Es­ta­do.

As pas­tas que so­fre­rão os mai­o­res cor­tes são Ad­mi­nis­tra­ção (R$ 51,973 mi­lhões), Jus­ti­ça e Di­rei­tos Hu­ma­nos (R$ 27 mi­lhões) e In­fra­es­tru­tu­ra Hí­dri­ca e Sa­ne­a­men­to (R$ 22,982 mi­lhões). Ou­tras áre­as, co­mo edu­ca­ção e meio am­bi­en­te tam­bém se­rão afe­ta­das. A Se­cre­ta­ria de Edu­ca­ção te­rá seu or­ça­men­to re­du­zi­do em R$ 10 mi­lhões, en­quan­to a de Meio Am­bi­en­te per­de­rá R$ 11 mi­lhões. O au­di­tor fis­cal Sér­gio Gu­a­na­ba­ra ex­pli­ca que o cor­te em ati­vi­da­des fi­na­lís­ti­cas im­pli­ca a re­du­ção de ser­vi­ços bá­si­cos que a ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca tem a obri­ga­ção cons­ti­tu­ci­o­nal de pres­tar aos ci­da­dãos. “Quan­do al­guém to­ma a de­ci­são de fa­zer cor­tes nas ati­vi­da­des fi­na­lís­ti­cas vai tra­zer um for­te prejuízo nas fun­ções so­ci­ais do Es­ta­do”, afir­ma o especialista que tam­bém é Se­cre­tá­rio de Ur­ba­nis­mo de Sal­va­dor. Por meio de sua as­ses­so­ria de im­pren­sa, a Se­cre­ta­ria de Fa­zen­da (Se­faz-BA) in­for­mou que vem ado­tan­do me­di­das de con­tro­le de gas­tos des­de a re­for­ma ad­mi­nis­tra­ti­va re­a­li­za­da no fi­nal de 2014, que ins­ti­tuiu a Co­or­de­na­ção de Qua­li­da­de do Gas­to Pú­bli­co com o ob­je­ti­vo de ade­quar as des­pe­sas à re­a­li­da­de do or­ça­men­to. “O mo­ni­to­ra­men­to per­mi­tiu, só em 2015, a eco­no­mia de R$ 256 mi­lhões em cus­teio”, diz a no­ta. A Se­faz in­for­mou ain­da que as des­pe­sas mo­ni­to­ra­das são aque­las do dia a dia da ad­mi­nis­tra­ção, in­cluin­do, en­tre ou­tros, ser­vi­ços ter­cei­ri­za­dos e con­su­mo de ener­gia e de material de in­for­má­ti­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.