En­ten­den­do me­lhor os exa­mes

Correio da Bahia - - Mais -

Qu­em nun­ca te­ve uma dú­vi­da an­tes de fa­zer al­gum exame? Pa­ra aju­dar, foi cri­a­da a pla­ta­for­ma Mundo dos Exa­mes. Atra­vés de­la é pos­sí­vel en­con­trar ex­pli­ca­ções de­ta­lha­das so­bre ca­da pro­ce­di­men­to, o que de­ve ser fei­to pa­ra se pre­pa­rar pa­ra os exa­mes, além de in­for­ma­ções so­bre ris­cos e co­mo se com­por­tar lo­go após eles. O con­teú­do é pro­du­zi­do por mé­di­cos e pro­fis­si­o­nais da área de saú­de e bus­ca ser o mais sim­ples e ob­je­ti­vo pos­sí­vel, com lin­gua­gem fá­cil. Já es­tão dis­po­ní­veis pa­ra con­sul­ta 250 exa­mes, des­de os la­bo­ra­to­ri­ais mais sim­ples até to­mo­gra­fi­as e res­so­nân­ci­as, que po­dem ser aces­sa­dos tam­bém por ta­blets e ce­lu­la­res. O en­de­re­ço pa­ra mai­o­res in­for­ma­ções é mun­do­do­se­xa­mes.com.br.

BA­TA­LHA DE INTELIGÊNCIAS AR­TI­FI­CI­AIS

Em no­ve de de­zem­bro em­pre­sas star­tups, aque­las que tra­zem inovação em tec­no­lo­gia, vão se en­fren­tar na ter­cei­ra ba­ta­lha global de star­tups, pe­la pri­mei­ra vez no Bra­sil. As ins­cri­ções vão até o dia 29 de no­vem­bro e os tra­ba­lhos de­vem ser vol­ta­dos pa­ra a área de in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­al. O jul­ga­men­to das em­pre­sas vai ser fei­to por uma má­qui­na que usa es­sa tec­no­lo­gia e ro­da um al­go­rí­ti­mo, ou se­ja, uma mo­de­lo ma­te­má­ti­co ca­paz de pre­ver a chan­ce de su­ces­so dos ne­gó­ci­os sem in­ter­fe­rên­cia hu­ma­na, ou se­ja, o com­pu­ta­dor vai al­va­li­ar tu­do so­zi­nho. A empresa ven­ce­do­ra vai fa­zer par­te de uma aca­de­mia de ace­le­ra­ção da mul­ti­na­ci­o­nal Te­le­fó­ni­ca du­ran­te seis me­ses, co­nec­tan­do-se a uma re­de de con­ta­tos glo­bais. De­pois des­se pe­río­do a ven­ce­do­ra po­de­rá re­ce­ber um in­ves­ti­men­to de 50 mil dó­la­res, além de cré­di­tos de 120 mil dó­la­res na re­de de con­ta­tos da Mi­cro­soft, a Azu­re, que tam­bém per­mi­te am­pli­ar a co­ne­xão com pos­sí­veis in­ves­ti­do­res.

O con­teú­do é pro­du­zi­do por

mé­di­cos e pro­fis­si­o­nais da área de saú­de e bus­ca ser o

mais sim­ples pos­sí­vel

WIRED FES­TI­VAL BRA­SIL

Nos di­as 2 e 3 de de­zem­bro, mais um even­to de inovação iné­di­to acon­te­ce no Bra­sil. Es­pe­ci­a­lis­tas de di­ver­sos paí­ses es­ta­rão no Rio de Ja­nei­ro ana­li­san­do ten­dên­ci­as e grandes idei­as que mu­da­rão o mundo. As pa­les­tras vão ser no Armazém Uto­pia, na zo­na por­tuá­ria da ci­da­de. Se­rão três áre­as dis­tin­tas fun­ci­o­nan­do ao mes­mo tem­po. A pri­mei­ra é aber­ta ao pú­bli­co e ga­nhou o no­me de Ex­pe­ri­ên­ci­as. Lá se­rá pos­sí­vel in­te­ra­gir com Dro­nes, dis­po­si­ti­vos tec­no­ló­gi­cos cha­ma­dos de we­a­re­a­bles ou ves­tí­veis, além de equi­pa­men­tos de re­a­li­da­de vir­tu­al e ar­te di­gi­tal. Uma ou­tra área tam­bém de gra­ça, mas que re­quer ins­cri­ção pré­via, é a En­ga­ge. Ne­la acon­te­ce­rão workshops e pa­les­tras so­bre inovação e no­vas tec­no­lo­gi­as. A ter­cei­ra área é a Re­verb e ne­ces­si­ta de pa­ga­men­to an­te­ci­pa­do de va­lo­res a par­tir de R$ 137,00 atra­vés do si­te in­gres­so­cer­to.com. Lá se­rá pos­sí­vel com­par­ti­lhar vi­sões so­bre o fu­tu­ro da so­ci­e­da­de nos mais di­ver­sos ra­mos des­de ne­gó­ci­os até ar­te e gastronomia.

ADEUS PRA VA­LER À VE­LHA TV

Bra­sí­lia dei­xou de ter TV ana­ló­gi­ca na úl­ti­ma quin­ta, 17 de no­vem­bro. O fim da ve­lha for­ma de trans­mis­são com chu­vis­cos e fan­tas­mas foi au­to­ri­za­do pe­lo go­ver­no após uma pes­qui­sa que mos­trou que mais de 92% da po­pu­la­ção ti­nha aces­so à no­va tec­no­lo­gia. Em Sal­va­dor, e mais 20 ci­da­des do seu en­tor­no, o des­li­ga­men­to es­tá pre­vis­to pa­ra acon­te­cer em 26 de ju­lho do ano que vem. Pa­ra re­ce­ber a no­va tec­no­lo­gia com qua­li­da­de de ima­gem cer­ca de 4 ve­zes mai­or que a ve­lha TV ana­ló­gi­ca bas­ta ter um apa­re­lho com con­ver­sor in­te­gra­do ou usar um con­ver­sor ex­ter­no pa­ra con­ti­nu­ar usan­do os te­le­vi­so­res mais an­ti­gos e que ain­da não pos­su­em a tec­no­lo­gia. Em am­bos os ca­sos é pre­ci­so ter uma an­te­na UHF, que de­ve, de pre­fe­rên­cia, ser ex­ter­na e ins­ta­la­da por um especialista na área, o an­te­nis­ta, aque­le pro­fis­si­o­nal que ins­ta­la TV a ca­bo ou cui­da da ins­ta­la­ção de TV co­le­ti­va de pré­di­os e es­ta­be­le­ci­men­tos co­mer­ci­ais. Se qui­ser sa­ber mais, aces­se vo­ce­natv­di­gi­tal.com.br.

hu­go.brito@re­de­bahia.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.