Go­ver­na­do­res do Nor­des­te não vão ade­rir a pac­to pro­pos­to pe­la União

Correio da Bahia - - Economia -

TE­TO DE GAS­TOS Os go­ver­na­do­res do Nor­des­te não es­tão dis­pos­tos a acei­tar os ter­mos do te­to de gas­tos pa­ra os es­ta­dos co­mo pro­pos­to pe­lo go­ver­no fe­de­ral. Foi o que afir­mou o go­ver­na­dor da Bahia Rui Cos­ta após o en­con­tro com re­pre­sen­tan­tes de di­ver­sos seg­men­tos in­dus­tri­ais do es­ta­do que acon­te­ceu na tar­de de on­tem na Fe­de­ra­ção das In­dús­tri­as da Bahia (Fi­eb). “Não há de­se­jo nos­so em acei­tar os ter­mos lá co­lo­ca­dos. In­de­pen­den­te de ques­tão par­ti­dá­ria, va­mos fa­zer o que for pos­sí­vel pa­ra aju­dar a sa­nar as con­tas pú­bli­cas, mas não po­de­mos anu­lar a fi­gu­ra dos es­ta­dos”, de­fen­deu. Se­gun­do ele, não tem co­mo pen­sar na uni­for­mi­za­ção das me­di­das de ajus­tes, pois ca­da es­ta­do tem uma re­a­li­da­de di­fe­ren­te. Rui dis­se ain­da que os go­ver­na­do­res do Nor­des­te bus­cam uma agen­da co­mum pa­ra dis­cu­tir a ques­tão até a se­gun­da. Na úl­ti­ma quar­ta, se­cre­tá­ri­os es­ta­du­ais de Fi­nan­ças se reu­ni­ram com o se­cre­tá­rio-exe­cu­ti­vo do Mi­nis­té­rio da Fa­zen­da, Edu­ar­do Gu­ar­dia, pa­ra pac­tu­ar um te­to pa­ra gas­tos dos es­ta­dos que va­le­ria por dez anos, po­den­do ser re­vis­to após seis. A li­be­ra­ção, pa­ra os es­ta­dos, das re­cei­tas da re­pa­tri­a­ção es­ta­ri­am atre­la­das a es­sa pac­tu­a­ção. Na Fi­eb, o go­ver­na­dor tam­bém fa­lou do an­da­men­to de pro­je­tos de in­fra­es­tru­tu­ra do es­ta­do, co­mo a Fi­ol e o Por­to Sul. “Quan­do te­mos a opor­tu­ni­da­de de reu­nir a nos­sa di­re­to­ria, pre­si­den­te de sin­di­ca­tos e con­se­lhei­ros pa­ra con­ver­sar di­re­ta­men­te com o go­ver­na­dor, o en­con­tro das so­lu­ções fi­ca ain­da mais fá­cil”, co­men­tou o pre­si­den­te da Fi­eb, Ri­car­do Al­ban.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.