Fes­ta pa­ra a cul­tu­ra ne­gra

Correio da Bahia - - Mais - Lau­ra Fer­nan­des lau­ra.fer­nan­des@re­de­bahia.com.br

Em entrevista ao CORREIO, o sam­bis­ta ca­ri­o­ca Pau­li­nho da Vi­o­la, 74, lem­bra que na sua pri­mei­ra vi­si­ta à Bahia par­ti­ci­pou de en­con­tros com bam­bas até o dia cla­re­ar. O can­tor se apre­sen­ta ho­je na Con­cha Acús­ti­ca pe­lo pro­je­to Zum­bi­do no Mun­cab, que acon­te­ce em prol do Mu­seu Na­ci­o­nal da Cul­tu­ra Afro-Bra­si­lei­ra. Na con­ver­sa, fa­la ain­da so­bre o “ra­cis­mo me­do­nho” que o mun­do en­fren­ta. gos que te­nho aí e o pú­bli­co que é mui­to ca­ri­nho­so co­mi­go. O show tem al­gu­mas mú­si­cas co­mi­go so­zi­nho no vi­o­lão e mú­si­cas não tão co­nhe­ci­das do pú­bli­co. Mui­tas coi­sas do co­me­ço, que es­ta­vam fo­ra do ro­tei­ro, vol­ta­ram. Mas tem aque­les sam­bas que a gen­te não po­de dei­xar de can­tar, por­que as pes­so­as co­bram mes­mo (ri­sos). Su­ces­sos co­mo Co­ra­ção Le­vi­a­no, Foi Um Rio que Pas­sou na Mi­nha Vi­da e Pe­ca­do Ca­pi­tal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.