O sa­cri­fí­cio dos con­cei­tos tri­co­lo­res

Correio da Bahia - - Esporte -

O Bahia faz ama­nhã seu jo­go mais im­por­tan­te no ano. Não pe­lo ad­ver­sá­rio, cla­ro, mas pe­lo que re­pre­sen­ta pa­ra o fu­tu­ro do clu­be e de seus tor­ce­do­res. No en­tan­to, é bom cha­mar a aten­ção pa­ra a am­bi­gui­da­de que o aces­so po­de re­pre­sen­tar do ponto de vis­ta da ges­tão.

Em 2015, as di­re­to­ri­as exe­cu­ti­va e de fu­te­bol do clu­be ge­ri­ram o clu­be co­mo man­da a boa go­ver­nan­ça cor­po­ra­ti­va. Con­tra­ta­ções pon­tu­ais, sa­lá­ri­os em dia, acre­di­tan­do na con­ti­nui­da­de de um trei­na­dor, uti­li­zan­do a ba­se e dan­do su­por­te es­tru­tu­ral pa­ra o su­ces­so do ti­me em cam­po. Após um bom pri­mei­ro se­mes­tre, o ti­me caiu de ren­di­men­to, os re­for­ços não de­ram li­ga e Sér­gio So­a­res foi de­mi­ti­do.

Nes­te ano, ar­re­don­dou-se as ares­tas, com um elen­co mais cas­cu­do, cheio de des­ta­ques da Sé­rie B 2015. A cre­di­bi­li­da­de - e os sa­lá­ri­os al­tos - cri­a­da em 2015 aju­dou o Bahia a ven­cer dis­pu­tas de jo­ga­do­res com ou­tros clu­bes. A equi­pe não con­se­guiu ter bom de­sem­pe­nho e Do­ri­va caiu. Gu­to Fer­rei­ra assumiu em meio a um ven­da­val de emo­ções trans­bor­da­das. Es­can­te­ou ba­se, fez o ti­me jo­gar feio, mas con­se­guiu ser efi­ci­en­te.

Em ter­mos de ges­tão, o 2015 do Bahia é uma boa ba­se a ser aper­fei­ço­a­da, mas não deu re­sul­ta­do. O ano de 2016 te­ve uma ges­tão de fu­te­bol ruim, com mui­tos con­cei­tos im­por­tan­tes sen­do ras­ga­dos, só que, no fi­nal, po­de dar o re­sul­ta­do es­pe­ra­do. É im­por­tan­te que a ava­li­a­ção fi­nal não se­ja ba­se­a­da ape­nas no re­sul­ta­do e no de­sem­pe­nho da equi­pe em cam­po. Me pa­re­ce que Fer­rei­ra mon­tou seu ti­me com o ob­je­ti­vo cla­ro de su­bir, in­de­pen­den­te­men­te se ia de acor­do com seus prin­cí­pi­os e idei­as. O sa­cri­fí­cio dos con­cei­tos tri­co­lo­res, den­tro e fo­ra de cam­po, po­de dar re­sul­ta­do, mas não po­de ser mas­ca­ra­do por es­te. Não se po­de es­pe­rar que o er­ra­do dê cer­to sem­pre.

Se ho­je, após ter­mi­nar o 1º tur­no em 11º lu­gar na clas­si­fi­ca­ção, o Bahia es­tá em 3º e a um ponto da Sé­rie A, é por efi­ci­ên­cia, mas tam­bém por de­fi­ci­ên­cia dos ri­vais. Que a emo­ção pe­la vol­ta do clu­be à eli­te (oxa­lá que sim) não se so­bre­po­nha ao sen­so crí­ti­co na hora de pla­ne­jar 2017.

O sa­cri­fí­cio dos con­cei­tos tri­co­lo­res, den­tro e fo­ra de cam­po, po­de dar re­sul­ta­do,

mas não po­de ser mas­ca­ra­do por es­te. Não se po­de es­pe­rar que o er­ra­do

dê cer­to sem­pre

ÁGUA DEN­TRO E FO­RA

Mais dia, me­nos dia, ia acon­te­cer. O Cam­pe­o­na­to Bai­a­no de Na­ta­ção acon­te­ceu no úl­ti­mo fi­nal de se­ma­na na Pis­ci­na Olím­pi­ca da Bahia. Co­mo sa­be­mos, só exis­te a pis­ci­na. Na­da de ves­tiá­ri­os, ar­qui­ban­ca­das ou ou­tras es­tru­tu­ras. A chu­va caiu - e pe­sa­da - e fal­tou abri­go. To­do mun­do mo­lha­do den­tro e fo­ra da pis­ci­na. Se ela de­mo­rou qua­se se­te anos pra sair do pa­pel, ima­gi­ne o res­to da obra. Va­mos tor­cer pa­ra que a pis­ci­na que vi­rá do Rio-2016 ve­nha com ar­qui­ban­ca­da e ves­tiá­ri­os jun­to...

FIM DE SE­MA­NA

O es­por­te no fi­nal de se­ma­na já co­me­ça ho­je, com o iní­cio da Co­pa Es­ta­do da Bahia de Vô­lei. Se­rão dois jo­gos no Gi­ná­sio de Lau­ro de Frei­tas. Ama­nhã, às 14h, cin­co jo­gos no fe­mi­ni­no no mes­mo lo­cal e cin­co na Es­co­la Par­que, na Cai­xa D’Água. No do­min­go, a par­tir das 9h, no gi­ná­sio de Lau­ro de Frei­tas, mais 12 jo­gos em am­bos os gê­ne­ros, ca­da um com cin­co equi­pes. Já ama­nhã co­me­ça o 2º Fes­ti­val Náu­ti­co de Sal­va­dor, com a lar­ga­da do 8º Rally Náu­ti­co, às 11h, no Ya­cht Clu­be da Bahia. No do­min­go, o fes­ti­val con­ti­nua com a 1ª Re­ga­ta Ci­da­de de Sal­va­dor, no Por­to da Bar­ra, a par­tir das 13h, com se­te ca­te­go­ri­as em dis­pu­ta.

No do­min­go, o even­to não é es­por­ti­vo, mas atin­ge mui­tos es­por­tis­tas. O gru­po Surf Fe­mi­ni­no Sal­va­dor or­ga­ni­za uma pas­se­a­ta pa­cí­fi­ca em bus­ca de mais se­gu­ran­ça na praia de Ja­gua­ri­be, al­vo cons­tan­te de ar­rom­ba­men­tos e rou­bos de car­ro. É o III Crowd Surf Fe­mi­ni­no Sal­va­dor, com saí­da às 8h30, em Ja­gua­ri­be.

ivan.mar­ques@re­de­bahia.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.