Con­ta de luz de de­zem­bro não te­rá ta­xa ex­tra

Correio da Bahia - - Economia -

BANDEIRA VER­DE As con­tas de luz dei­xa­rão de ter co­bran­ça adi­ci­o­nal em de­zem­bro. A Agên­cia Na­ci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca (Ane­el) de­ci­diu on­tem que as fa­tu­ras de ener­gia vol­tam a ter a bandeira ver­de no pró­xi­mo mês. Com es­sa de­ci­são, os usuá­ri­os vão dei­xar de pa­gar R$ 1,50 a mais pa­ra ca­da 100 qui­lowatts-ho­ra (kWh) con­su­mi­dos, va­lor co­bra­do em no­vem­bro em ra­zão da vi­gên­cia da bandeira ama­re­la. O au­men­to das chu­vas per­mi­tiu o des­li­ga­men­to das ter­me­lé­tri­cas mais ca­ras, mo­vi­das a com­bus­tí­veis fós­seis, aci­o­na­das no mês pas­sa­do. De acor­do com a Ane­el, o cus­to da usi­na tér­mi­ca mais ca­ra ne­ces­sá­ria pa­ra abas­te­cer o país no pró­xi­mo mês se­rá de R$ 169,54 por me­gawatt-ho­ra (MWh). So­men­te qu­an­do o cus­to de ge­ra­ção su­pe­ra R$ 211,28 por MWh é pre­ci­so aci­o­nar a bandeira ama­re­la. En­tre abril e ou­tu­bro des­te ano, vi­go­rou a bandeira ver­de, que não traz cus­to adi­ci­o­nal. Em no­vem­bro, co­mo em mar­ço, a pi­o­ra nas con­di­ções hi­dro­ló­gi­cas, prin­ci­pal­men­te em ra­zão da se­ca no Nor­des­te, le­vou ao aci­o­na­men­to da bandeira ama­re­la. An­tes dis­so, du­ran­te to­do o ano pas­sa­do e em ja­nei­ro e fe­ve­rei­ro, vi­go­rou a bandeira ver­me­lha, que adi­ci­o­na en­tre R$ 3 e R$ 4,50 a ca­da 100 kWh, de­pen­den­do da quan­ti­da­de de ter­me­lé­tri­cas li­ga­das.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.