Re­pa­tri­a­ção ge­ra su­pe­rá­vit pri­má­rio re­cor­de pa­ra ou­tu­bro

Correio da Bahia - - Economia -

CON­TAS PÚ­BLI­CAS A ar­re­ca­da­ção com o pro­gra­ma de re­pa­tri­a­ção de re­cur­sos do ex­te­ri­or le­vou o go­ver­no a apre­sen­tar em ou­tu­bro o pri­mei­ro su­pe­rá­vit pri­má­rio em no­ve me­ses. No mês pas­sa­do, o re­sul­ta­do do go­ver­no cen­tral (for­ma­do pe­las con­tas do Te­sou­ro Na­ci­o­nal, Banco Cen­tral e Pre­vi­dên­cia So­ci­al) foi po­si­ti­vo em R$ 40,8 bi­lhões, o me­lhor da his­tó­ria pa­ra me­ses de ou­tu­bro. Com is­so, o go­ver­no pla­ne­ja ago­ra en­tre­gar um dé­fi­cit um pou­co me­nor no fim do ano, o que dei­xa­rá um es­pa­ço pa­ra co­brir re­sul­ta­do abai­xo do es­pe­ra­do das es­ta­tais e de go­ver­nos es­ta­du­ais e mu­ni­ci­pais e ga­ran­tir o cum­pri­men­to da me­ta do se­tor pú­bli­co, que é de re­sul­ta­do ne­ga­ti­vo de R$ 163,9 bi­lhões. A me­ta do go­ver­no cen­tral é de R$ 170,5 bi­lhões, mas, ago­ra, o Te­sou­ro pro­je­ta en­cer­rar o ano com dé­fi­cit de R$ 166,7 bi­lhões. “As du­as me­tas se­rão cum­pri­das à ris­ca”, dis­se a se­cre­tá­ria do Te­sou­ro Na­ci­o­nal, Ana Pau­la Ves­co­vi.

Com a re­pa­tri­a­ção, o re­sul­ta­do de ou­tu­bro re­pre­sen­ta al­ta re­al de 33,1% nas re­cei­tas em re­la­ção a igual mês do ano pas­sa­do. Já as des­pe­sas ti­ve­ram que­da re­al de 15,5%. Mes­mo com a ajuda do pro­gra­ma, que ar­re­ca­dou R$

46,8 bi­lhões com Im­pos­to de Ren­da e mul­ta, o go­ver­no cen­tral tem dé­fi­cit re­cor­de de R$ 55,820 bi­lhões até ou­tu­bro. A pro­je­ção do Te­sou­ro é que no úl­ti­mo bi­mes­tre o re­sul­ta­do se­ja ne­ga­ti­vo em R$ 110 bi­lhões. Ana Pau­la dis­se que o dé­fi­cit se­rá al­to no sex­to bi­mes­tre por con­ta de pa­ga­men­tos de res­tos a pa­gar e des­pe­sas que não es­ta­vam no or­ça­men­to.

Ana Pau­la vol­tou a di­zer que o au­men­to do rom­bo da Pre­vi­dên­cia - com o dé­fi­cit mais al­to da his­tó­ria até ou­tu­bro ex­pli­ca em gran­de me­di­da a de­te­ri­o­ra­ção do re­sul­ta­do do go­ver­no cen­tral. Nos dez me­ses do ano, a Pre­vi­dên­cia tem sal­do ne­ga­ti­vo de qua­se R$ 124 bi­lhões. Em meio à cri­se fi­nan­cei­ra dos es­ta­dos, a pre­vi­são é que o re­sul­ta­do fis­cal dos en­tes sub­na­ci­o­nais fi­que R$ 1 bi­lhão abai­xo do es­pe­ra­do, que era R$ 6,554 bi­lhões.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.