Te­mer perde o sex­to mi­nis­tro

Correio da Bahia - - Mais - Agên­ci­as mais@cor­rei­o24ho­ras.com.br

Ged­del se de­mi­te após po­lê­mi­ca com ex-mi­nis­tro da Cul­tu­ra

Des­de que as­su­miu a Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca, há seis me­ses, em maio des­te ano, Mi­chel Te­mer per­deu seis mi­nis­tros. Des­de maio, dei­xa­ram o go­ver­no os ex-mi­nis­tros: Ro­me­ro Ju­cá (Pla­ne­ja­men­to), Fa­bi­a­no Silveira (Trans­pa­rên­cia), Hen­ri­que Edu­ar­do Al­ves (Tu­ris­mo), Fá­bio Osó­rio (Ad­vo­ca­cia-Ge­ral da União), Mar­ce­lo Ca­le­ro (Cul­tu­ra) e, on­tem, Ged­del Vi­ei­ra Li­ma (Se­cre­ta­ria de Go­ver­no).

Ged­del pe­diu o des­li­ga­men­to após ser acu­sa­do de pres­si­o­nar o ex-mi­nis­tro da Cul­tu­ra Mar­ce­lo Ca­le­ro a sus­pen­der o em­bar­go de um edi­fí­cio pró­xi­mo a uma área tom­ba­da pe­lo Pa­trimô­nio His­tó­ri­co da União. Te­mer acei­tou o pe­di­do do ex-mi­nis­tro, que era res­pon­sá­vel pe­la ar­ti­cu­la­ção po­lí­ti­ca do go­ver­no.

O pre­si­den­te che­gou ao Pla­nal­to on­tem por vol­ta das 10h, e, ime­di­a­ta­men­te, se reu­niu com as­ses­so­res pró­xi­mos, co­mo o se­cre­tá­rio de Co­mu­ni­ca­ção So­ci­al, Már­cio Frei­tas. Em se­gui­da, re­ce­beu a car­ta de de­mis­são do mi­nis­tro.

SEM PRES­SÃO

O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer fa­lou so­bre a dis­pu­ta en­tre os dois ex-mi­nis­tros e dis­se que bus­ca pa­ra o lu­gar do bai­a­no “que não es­te­ja me­ti­do em na­da”. O pre­si­den­te ne­ga que te­nha ten­ta­do “en­qua­drar” o ex-mi­nis­tro Mar­ce­lo Ca­le­ro. “Ora ve­jam, quem me co­nhe­ce sa­be que eu não sou de sair ‘en­qua­dran­do’ nin­guém. O que eu falei a ele fo­ram coi­sas ab­so­lu­ta­men­te nor­mais”, dis­se em en­tre­vis­ta ao jor­nal O Es­ta­do de S. Pau­lo.

Ele la­men­ta que “um epi­só­dio me­nor” – o em­bar­go a um pré­dio em área his­tó­ri­ca de Sal­va­dor, no qual Ged­del tem um apar­ta­men­to – te­nha ge­ra­do tan­ta ten­são po­lí­ti­ca. “Dis­pu­tas en­tre mi­nis­tros é a coi­sa mais na­tu­ral, vi­ve acon­te­cen­do. Não sei por que es­se ra­paz (Ca­le­ro) re­a­giu des­sa for­ma”, diz o pre­si­den­te, con­fir­man­do que in­sis­tiu pa­ra que ele per­ma­ne­ces­se na Cul­tu­ra.

Ago­ra, o pre­si­den­te bus­ca um subs­ti­tu­to pa­ra Ged­del. “Tem de ser al­guém que não es­te­ja me­ti­do com na­da de na­da”, dis­se.

APOIO NO CON­GRES­SO

O pre­si­den­te do Se­na­do, Re­nan Ca­lhei­ros (PMDB-AL), di­vul­gou no­ta em de­fe­sa de Te­mer. Ape­sar de as­su­mir que o am­bi­en­te é de cri­se, Re­nan afir­ma que o Se­na­do se com­por­ta­rá com equi­lí­brio e ga­ran­te a ma­nu­ten­ção do ca­len­dá­rio de vo­ta­ções da Ca­sa, in­clu­si­ve da PEC do Te­to.

Re­nan ci­tou ou­tros pro­je­tos que es­tão na pau­ta de vo­ta­ção do Se­na­do até o fim do ano, co­mo a lei de li­ci­ta­ções, a le­ga­li­za­ção dos jo­gos de azar e o fim da re­e­lei­ção pa­ra car­gos do Exe­cu­ti­vo. De acor­do com Re­nan, se ne­ces­sá­rio, o re­ces­so par­la­men­tar de fim de ano se­rá can­ce­la­do. Re­nan afir­ma ain­da que o mo­men­to é de su­pe­rar “fal­sas po­lê­mi­cas”.

O pre­si­den­te da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), afir­mou on­tem em en­tre­vis­ta à Rá­dio CBN que não vê mo­ti­vo pa­ra acei­tar pe­di­do de im­pe­a­ch­ment do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer (PMDB), após par­ti­dos de opo­si­ção ao pe­e­me­de­bis­ta afir­ma­rem que irão pro­to­co­lar tal plei­to com ba­se nas acu­sa­ções fei­tas pe­lo ex-mi­nis­tro da Cul­tu­ra.

Maia diz que “co­nhe­ce bem” o pre­si­den­te e tem com ele uma re­la­ção mui­to an­ti­ga que re­mon­ta ao tempo em que ele foi de­pu­ta­do fe­de­ral. “Es­se não é o per­fil de diá­lo­go do pre­si­den­te Te­mer”, dis­se.

O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer bus­ca um no­vo mi­nis­tro de Go­ver­no

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.