Pa­po com Alck­min

Correio da Bahia - - Bahia -

O go­ver­na­dor de São Pau­lo, Ge­ral­do Alck­min (PSDB), de­sem­bar­cou na Bahia es­te fim de semana co­mo par­te do pé­ri­plo que tem fei­to no Nor­des­te, com ho­ri­zon­te na dis­pu­ta pre­si­den­ci­al de 2018. O ob­je­ti­vo, cla­ro, é co­lo­car a ca­ra na vi­tri­ne em uma re­gião on­de ele en­fren­ta os seus mai­o­res ín­di­ces de des­co­nhe­ci­men­to. E, pa­ra is­so, o tu­ca­no, ca­tó­li­co pra­ti­can­te, co­lo­cou um olho no pa­dre e ou­tro na mis­sa. Ele apor­tou no Ibe­ros­tar, em Im­bas­sahy, pri­mei­ro pa­ra co­nhe­cer os pre­fei­tos elei­tos e re­e­lei­tos do par­ti­do no es­ta­do. Se­gun­do, pa­ra fa­lar no en­con­tro dos 40 anos de cri­a­ção da As­so­ci­a­ção Bai­a­na de Su­per­mer­ca­dos (Aba­se). Em ba­te-pa­po on­tem com a co­lu­na, por te­le­fo­ne, mi­nu­tos an­tes de seu re­tor­no a São Pau­lo, Alck­min dei­xou evi­den­te o pe­so que os dois gru­pos têm na sua agen­da po­lí­ti­ca. “O PSDB cres­ceu o nú­me­ro de pre­fei­tos na Bahia es­te ano. Eu fui pre­fei­to de minha ci­da­de na­tal (Pin­da­mo­nhan­ga­ba, in­te­ri­or pau­lis­ta) e sei da im­por­tân­cia mai­or que eles têm ho­je e no fu­tu­ro. Cos­tu­mo di­zer que o sé­cu­lo 19 foi dos im­pé­ri­os e o 20, dos paí­ses. Mas o 21 vai se con­so­li­dar co­mo o sé­cu­lo das ci­da­des”, dis­se, evi­tan­do li­gar di­re­ta­men­te a par­ti­ci­pa­ção nos even­tos à tá­ti­ca pa­ra a pró­xi­ma su­ces­são.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.