Pa­ra co­me­çar a in­ves­tir, de­vo es­tar aten­to às op­ções do meu ban­co ou abrir uma con­ta em uma cor­re­to­ra de va­lo­res?

Correio da Bahia - - Mais -

Olá, Vi­ní­cius. No pri­mei­ro mo­men­to, o mais im­por­tan­te é ter um bom pla­ne­ja­men­to fi­nan­cei­ro pa­ra sa­ber de que for­ma vai or­ga­ni­zar seus in­ves­ti­men­tos. Se vo­cê já tem um re­la­ci­o­na­men­to com um ban­co, re­co­men­do que pro­cu­re in­for­ma­ções a res­pei­to das op­ções de in­ves­ti­men­to pa­ra o seu per­fil. De­pen­den­do do mon­tan­te dis­po­ní­vel e do tem­po que o di­nhei­ro fi­ca­rá apli­ca­do a es­tra­té­gia pa­ra cons­tru­ção de sua car­tei­ra se­rá di­fe­ren­te. As cor­re­to­ras pos­su­em uma va­ri­e­da­de mai­or de ati­vos pa­ra in­ves­tir e as­sim po­dem ofe­re­cer ren­ta­bi­li­da­de mai­or que os ban­cos, mas is­so vai de­pen­der do seu per­fil. Pes­qui­se nos dois ti­pos de ins­ti­tui­ção e ava­lie qual a me­lhor al­ter­na­ti­va de acor­do com su­as ca­rac­te­rís­ti­cas. Es­pe­ro ter aju­da­do e bons in­ves­ti­men­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.