Se­na­do apro­va PEC do Te­to de Gas­tos em pri­mei­ro tur­no

Correio da Bahia - - Brasil -

AJUS­TE O Se­na­do ig­no­rou on­tem os con­fron­tos en­tre ma­ni­fes­tan­tes con­trá­rio à Pro­pos­ta de Emen­da Cons­ti­tu­ci­o­nal (PEC) que cria um te­to pra os gas­tos pú­bli­cos e a po­lí­cia na Pra­ça dos Três Po­dres, em Bra­sí­lia, e apro­vou a me­di­da, con­si­de­ra­da a prin­ci­pal do pacote de ajus­te fis­cal do go­ver­no Te­mer. O pla­car foi de 61 vo­tos a 14. Para con­cluir a vo­ta­ção, os se­na­do­res ain­da pre­ci­sa­vam ana­li­sar três des­ta­ques (su­ges­tões de al­te­ra­ção ao tex­to), o que ain­da es­ta­va em an­da­men­to no ho­rá­rio de fe­cha­men­to des­ta edi­ção. Por se tra­tar de uma PEC, a pro­pos­ta pre­ci­sa­va ser apro­va­da por pe­lo me­nos três quin­tos dos par­la­men­ta­res (49 dos 81). Con­cluí­da a aná­li­se em pri­mei­ro tur­no, a PEC de­ve­rá ser ana­li­sa­da em se­gun­do tur­no – pre­vis­to para 13 de de­zem­bro – no qual tam­bém pre­ci­sa­rá do apoio de, ao me­nos, 49 se­na­do­res. Du­ran­te a ses­são de on­tem, a me­di­da foi cri­ti­ca­da por se­na­do­res que fa­zem opo­si­ção ao go­ver­no do PMDB, que cha­ma­ram o tex­to de “PEC da mal­da­de” por­que, na vi­são de­les, a pro­pos­ta vai “con­ge­lar” os in­ves­ti­men­tos em áre­as es­sen­ci­ais co­mo saú­de e edu­ca­ção. Em­bo­ra te­nha si­do apro­va­da por 61 vo­tos a 14, a PEC re­ce­beu me­nos vo­tos que o pre­vis­to pe­lo lí­der do go­ver­no no Con­gres­so, Ro­me­ro Ju­cá (PMDB-RR), que pre­via até 65 vo­tos fa­vo­rá­veis à pro­pos­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.