Após as­sal­tos, Uf­ba irá mo­ni­to­rar en­tra­da de car­ros e de mo­tos

Correio da Bahia - - Bahia -

SE­GU­RAN­ÇA A Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral da Bahia (Uf­ba) in­for­mou on­tem que re­a­li­za­rá o mo­ni­to­ra­men­to do aces­so de car­ros e mo­tos na ins­ti­tui­ção. A de­ci­são veio após os re­la­tos de fur­tos, as­sal­tos e epi­só­di­os de agres­são nos ar­re­do­res dos cam­pi, que vêm sen­do re­la­ta­dos nos úl­ti­mos di­as, e que re­sul­ta­ram no re­co­lhi­men­to de mais de 500 as­si­na­tu­ras de alu­nos, pe­din­do mais se­gu­ran­ça na uni­ver­si­da­de. A Uf­ba não de­ta­lhou co­mo se­rá fei­to es­se mo­ni­to­ra­men­to nem quan­do ele se­rá ini­ci­a­do. Adi­an­tou ape­nas que a im­plan­ta­ção se­rá a cur­to pra­zo. De acor­do com a as­ses­so­ria de co­mu­ni­ca­ção da uni­ver­si­da­de, a de­ci­são de co­me­çar a con­tro­lar o aces­so foi to­ma­da, mas a ope­ra­ção ain­da es­tá sen­do de­fi­ni­da. Em no­ta di­vul­ga­da em seu si­te oficial, a uni­ver­si­da­de fri­sou tam­bém que man­tém con­tra­tos de pres­ta­ção de ser­vi­ços de vi­gi­lân­cia, por­ta­ria e mo­ni­to­ra­men­to ele­trô­ni­co de su­as áre­as, pa­ra os quais gas­ta R$ 38 mi­lhões por ano, o que re­pre­sen­ta 30% do or­ça­men­to da ins­ti­tui­ção. Ain­da se­gun­do a Uf­ba, são 490 vi­gi­lan­tes, 300 agen­tes de por­ta­ria e mais de 500 câ­me­ras, que atu­am nos cam­pi da uni­ver­si­da­de 24 ho­ras por dia. Ain­da de acor­do com o co­mu­ni­ca­do, o ser­vi­ço tem si­do bem-su­ce­di­do, “so­bre­tu­do por ser com­pa­tí­vel com a na­tu­re­za da nos­sa uni­ver­si­da­de co­mo uma ins­ti­tui­ção fe­de­ral pú­bli­ca e aber­ta à co­mu­ni­da­de”. A Uf­ba ga­ran­tiu que re­a­li­za co­ti­di­a­na­men­te ser­vi­ços de ma­nu­ten­ção, ilu­mi­na­ção dos cam­pi e o cui­da­do com os es­pa­ços de cir­cu­la­ção, co­mo a re­ti­ra­da do ma­to e po­da de ár­vo­res, o que con­tri­bui pa­ra uma me­lhor vi­gi­lân­cia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.