Vi­rou po­lê­mi­ca

Correio da Bahia - - Especial - Da Re­da­ção re­da­cao@cor­rei­o24ho­ras.com.br

En­quan­to a mai­o­ria dos clu­bes da Sé­rie A pre­ten­de re­a­li­zar a úl­ti­ma ro­da­da da com­pe­ti­ção com di­ver­sas homenagens à Cha­pe­co­en­se, co­mo ves­ti­rem a ca­mi­sa do clube ca­ta­ri­nen­se nos jo­gos der­ra­dei­ros de 2016, pa­re­ce que o In­ter­na­ci­o­nal quer um jei­to di­fe­ren­te de se ma­ni­fes­tar no Brasileiro: não ter mais jo­go. Po­rém, o de­se­jo do In­ter cho­ca com um pe­que­no de­ta­lhe. O clube gaú­cho, em 17º, bri­ga di­re­to con­tra o re­bai­xa­men­to. Sem com­pe­ti­ção en­cer­ra­da, abre uma bre­cha pa­ra o In­ter evi­tar o re­bai­xa­men­to no ta­pe­tão.

“Is­so au­men­ta a nos­sa dor. Po­de­ria ser qual­quer um. Te­mos mui­tos ami­gos em Cha­pe­có e na Cha­pe­co­en­se. O sen­ti­men­to é que não po­de­ria mais ter fu­te­bol em 2016. Mas evi­den­te­men­te que fi­ca­mos su­jei­tos às or­dens da CBF. A pro­pos­ta é não ter mais fu­te­bol em 2016. Co­mo fa­zer, o que fa­zer, eu não sei. Es­sa pro­pos­ta é por ab­so­lu­ta fal­ta de con­di­ções emo­ci­o­nais”, dis­se o pre­si­den­te da equi­pe gaú­cha, Vi­tó­rio Pif­fe­ro.

O problema é que tan­ta co­mo­ção não con­diz com as ações do clube. Mes­mo no mo­men­to de dor, o In­ter vol­tou a en­vi­ar um do­cu­men­to ao Su­pe­ri­or Tri­bu­nal de Jus­ti­ça Des­por­ti­va (STJD), ale­gan­do que tem no­vas pro­vas so­bre a ir­re­gu­la­ri­da­de do za­guei­ro do Vi­tó­ria, Vic­tor Ra­mos.

Ami­go de al­guns jo­ga­do­res da Cha­pe­co­en­se, o ata­can­te Ma­ri­nho, do Vi­tó­ria, usou a re­de so­ci­al pa­ra de­sa­ba­far. Ele ata­cou aque­les que se pre­o­cu­pam com o Bra­si­lei­rão nes­te mo­men­to. Em uma re­fe­rên­cia ao atu­al vi­ce de fu­te­bol do In­ter­na­ci­o­nal, Fer­nan­do Car­va­lho, Ma­ri­nho foi crí­ti­co. O di­ri­gen­te che­gou a re­cla­mar do adi­a­men­to da úl­ti­ma ro­da­da por con­si­de­rá-la “pre­ju­di­ci­al” ao ti­me gaú­cho. “E tem gen­te ain­da que fa­lou de cam­pe­o­na­to? Me pou­pem, ig­no­ran­tes! Por mim, que aca­be. A vi­da de mui­tas pes­so­as aca­bou e tem fa­mí­li­as so­fren­do, en­quan­to mui­tos per­gun­tam de fu­te­bol”, es­cre­veu Ma­ri­nho.

Pen­san­do ape­nas no la­do emo­ci­o­nal da equi­pe ca­ta­ri­nen­se, o pre­si­den­te do Atlé­ti­co Mi­nei­ro, Daniel Ne­po­mu­ce­no, anun­ci­ou que a equi­pe não vi­a­ja­rá pa­ra Cha­pe­có pa­ra a re­a­li­za­ção da úl­ti­ma ro­da­da do Brasileiro. O Ga­lo é ad­ver­sá­rio da Cha­pe­co­en­se no pró­xi­mo do­min­go, dia 11.

Após po­lê­mi­cas de que não en­tra­ria em cam­po, a Cha­pe de­ci­diu se po­si­ci­o­nar em no­ta oficial. “A As­so­ci­a­ção Cha­pe­co­en­se de Fu­te­bol in­for­ma que não tem pro­ce­dên­cia a in­for­ma­ção vei­cu­la­da nes­ta tar­de (on­tem) de que não en­tra­ria em cam­po pa­ra o con­fron­to com o Atlé­ti­co Mi­nei­ro. Es­ses e ou­tros as­sun­tos so­men­te se­rão tra­ta­dos após as homenagens que ocor­re­rão em Cha­pe­có”, diz o do­cu­men­to.

Lu­tan­do con­tra a que­da, In­ter su­ge­re can­ce­lar a úl­ti­ma ro­da­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.