Iguais na lu­ta

Correio da Bahia - - Vida - Fer­nan­da Va­re­la fer­nan­da.va­re­la@re­de­bahia.com.br

Um não con­se­gue dar ale­gri­as quan­do es­tá di­an­te do seu tor­ce­dor. Ou­tro, per­de to­da sua for­ça quan­do es­tá lon­ge de ca­sa. Gra­ças a is­so, os dois es­tão na zo­na de re­bai­xa­men­to do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro da Sé­rie A. Ho­je, Vi­tó­ria e São Pau­lo ten­tam mu­dar es­se ce­ná­rio, às 16h, no Bar­ra­dão.

Pi­or man­dan­te do Bra­si­lei­rão até o mo­men­to, o Vi­tó­ria pre­ci­sa mo­di­fi­car es­se his­tó­ri­co com ur­gên­cia, pa­ra con­se­guir dei­xar de vez as úl­ti­mas po­si­ções da tabela. Di­an­te do seu tor­ce­dor, o Leão tem um re­tros­pec­to ruim. Até aqui, o ti­me con­quis­tou ape­nas no­ve pon­tos em ca­sa, de 36 dis­pu­ta­dos. O apro­vei­ta­men­to é bai­xís­si­mo: só 25%. Fo­ram 12 gols fei­tos e 19 so­fri­dos.

Dos 12 jo­gos em ca­sa - dois na Fon­te No­va e 10 no Bar­ra­dão - o ru­bro-ne­gro só con­se­guiu ven­cer dois: Atlé­ti­co-MG, por

Pi­or man­dan­te, Leão en­ca­ra o pi­or visitante da Sé­rie A, ho­je

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.