Co­mér­cio e es­co­las con­ti­nu­a­ram fe­cha­dos em São Gonçalo ontem

Correio da Bahia - - Bahia -

TOQUE DE RE­CO­LHER O co­mér­cio con­ti­nua par­ci­al­men­te fe­cha­do, pou­cas pes­so­as cir­cu­la­vam nas ru­as e o COR­REIO en­con­trou as es­co­las pú­bli­cas sem au­la ontem, no bair­ro do São Gonçalo, em Sal­va­dor, onde ban­di­dos de­cre­ta­ram toque de re­co­lher no iní­cio da ma­nhã de an­te­on­tem. O po­li­ci­a­men­to foi re­for­ça­do e os ôni­bus vol­ta­ram a cir­cu­lar no bair­ro. Al­guns imó­veis tam­bém ama­nhe­ce­ram com a frase “lu­to eter­no” pi­cha­da nas pa­re­des, em re­fe­rên­cia à morte do tra­fi­can­te Di­e­go Fer­rei­ra Fi­gue­re­do, co­nhe­ci­do co­mo Açú­car, du­ran­te con­fron­to com a po­lí­cia, no bam­bu­zal de aces­so ao ae­ro­por­to in­ter­na­ci­o­nal de Sal­va­dor, na se­gun­da. “Essas pi­cha­ções não es­ta­vam aí ontem du­ran­te o dia. Fi­ze­ram na ca­la­da da noite”, dis­se um sol­da­do da 23ª Companhia In­de­pen­den­te da PM, que fa­zia pa­tru­lha­men­to no lo­cal ontem. No final de li­nha, es­co­las per­ma­ne­ce­ram fe­cha­das. “Ago­ra só se­gun­da. Al­guns pais ain­da es­ti­ve­ram aqui, mas não há pro­fes­so­res e nem a di­re­ção. To­do mun­do com me­do”, dis­se o vi­gi­lan­te do Co­lé­gio Es­ta­du­al Al­ber­to Va­len­ça. A Se­cre­ta­ria da Edu­ca­ção do estado in­for­mou que a uni­da­de abriu nor­mal­men­te - mas que foi re­gis­tra­da bai­xa frequên­cia. O cor­po de Açú­car foi en­ter­ra­do ontem, no Ce­mi­té­rio Bos­que da Paz. O COR­REIO es­te­ve no lo­cal, mas foi im­pe­di­do pe­la fa­mí­lia de acom­pa­nhar o se­pul­ta­men­to. Ain­da em São Gonçalo, po­li­ci­ais mi­li­ta­res abor­da­ram sus­pei­tos e in­ten­si­fi­ca­ram as ações de se­gu­ran­ça.

Equi­pes de po­li­ci­ais per­ma­ne­cem re­for­çan­do a se­gu­ran­ça no bair­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.