Fo­cus: cus­to de vi­da de­ve ter au­men­to de 3,09%

Correio da Bahia - - Economia -

EX­PEC­TA­TI­VA Após o anún­cio da in­fla­ção re­gis­tra­da em ou­tu­bro, os eco­no­mis­tas do mer­ca­do fi­nan­cei­ro ele­va­ram le­ve­men­te su­as pro­je­ções pa­ra o Ín­di­ce Na­ci­o­nal de Pre­ços ao Con­su­mi­dor Am­plo (IPCA) pa­ra es­te e o pró­xi­mo ano. O Re­la­tó­rio de Mer­ca­do Fo­cus, di­vul­ga­do on­tem pe­lo Ban­co Cen­tral (BC), mos­tra que a me­di­a­na pa­ra o IPCA em 2017 foi de 3,08% pa­ra 3,09%. Há um mês, es­ta­va em 3,00%. Já a pro­je­ção pa­ra o ín­di­ce de 2018 foi de 4,02% pa­ra 4,04%, an­te 4,02% de qua­tro semanas atrás. Na prá­ti­ca, as pro­je­ções de mer­ca­do di­vul­ga­das ago­ra no Fo­cus in­di­cam que a ex­pec­ta­ti­va é de que a in­fla­ção fi­que le­ve­men­te aci­ma do pi­so da me­ta, de 3,0%, em 2017. O cen­tro da me­ta pa­ra es­te ano e o pró­xi­mo é de 4,5%, com mar­gem de to­le­rân­cia de 1,5 pon­to per­cen­tu­al (in­fla­ção de 3,0% a 6,0%). Na sex­ta-fei­ra, 10, o Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Geografia e Es­ta­tís­ti­ca (IBGE) in­for­mou que o IPCA de ou­tu­bro su­biu 0,42%. En­tre as ins­ti­tui­ções que mais se apro­xi­mam do re­sul­ta­do efe­ti­vo do IPCA no mé­dio prazo, de­no­mi­na­das Top 5, a me­di­a­na das pro­je­ções pa­ra 2017 no Fo­cus foi de 3,05% pa­ra 3,03%. O Fo­cus in­di­cou ele­va­ção na pro­je­ção pa­ra os pre­ços ad­mi­nis­tra­dos, aque­les cu­jos re­a­jus­tes de­pen­dem de au­to­ri­za­ções do go­ver­no, co­mo energia e água. A me­di­a­na das pre­vi­sões do mer­ca­do fi­nan­cei­ro pa­ra o in­di­ca­dor em 2017 foi de al­ta de 7,00% pa­ra avan­ço de 7,50%. Pa­ra 2018, a me­di­a­na pas­sou de 4,88% pa­ra 4,80%.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.