Em um pas­se de má­gi­ca

O re­pi­ca­do de­ve ser exe­cu­ta­do de di­fe­ren­tes ma­nei­ras de­pen­den­do do seu ti­po de fio

Cortes Repicados - - Primeira Página - Tex­to: Ju­li­a­na Bor­ges | De­sign: Re­nan Oliveira

Quer os ca­be­los com mais vo­lu­me? Fi­os mais en­cor­pa­dos? O seu de­se­jo é uma or­dem! Com a téc­ni­ca ide­al é pos­sí­vel ga­ran­tir ma­dei­xas per­fei­tas e que se adap­tam ao seu es­ti­lo. Além dis­so, bus­can­do ga­ran­tir o re­sul­ta­do de­se­ja­do, a ideia de unir o re­pi­ca­do a ou­tras es­tra­té­gi­as, co­mo o des­fi­a­do ou o cor­te em ca­ma­das, po­de ser uma óti­ma op­ção!

Mais balanço aos fi­os gros­sos

O ide­al é bus­car um cor­te que dê mo­vi­men­to às ma­dei­xas. Se­gun­do Ruth Da­ma­ris, hairsty­list do VISS Ca­be­lei­rei­ros Vi­sa­gis­tas, a me­lhor op­ção, nes­se ca­so, é re­pi­car os fi­os e, em se­gui­da, des­fiá-los com a te­sou­ra fio na­va­lha, des­fi­a­dei­ra ou com a pró­pria na­va­lha, de­pen­den­do do efei­to de­se­ja­do.

Ca­be­los fi­nos pe­dem tex­tu­ra

Es­ses fi­os exi­gem um cor­te que en­cor­pe e dê tex­tu­ra às ma­dei­xas. “Eles não de­vem ser des­fi­a­dos, so­men­te re­pi­ca­dos e tex­tu­ri­za­dos nas pon­tas, pa­ra con­se­guir mo­vi­men­to e firmeza no pen­te­a­do”, ex­pli­ca Ruth.

Ma­dei­xas li­sas e ele­gan­tes

Quem pos­sui fi­os de es­pes­su­ra mé­dia ou gros­sa pre­ci­sa fi­car aten­ta pa­ra que o re­pi­ca­do não ti­re mui­to do vo­lu­me dos ca­be­los lisos. Es­se ti­po de fio per­mi­te di­ver­sas téc­ni­cas, co­mo o des­fi­a­do e o tex­tu­ri­za­do.

On­du­la­do cheio de es­ti­lo

Por pos­suir a raiz li­sa, es­se ti­po de ca­be­lo me­re­ce uma aten­ção especial pa­ra que o cor­te não fi­que com um efei­to tri­an­gu­lar – com mais vo­lu­me nas pon­tas do que no to­po. A téc­ni­ca de ca­ma­das em de­gra­dê é uma apos­ta per­fei­ta pa­ra es­se mo­de­lo.

Ca­chos ain­da mais de­fi­ni­dos

Os fi­os afro e cacheados de­vem ser re­pi­ca­dos da ma­nei­ra cer­ta pa­ra que não fi­quem ar­ma­dos e sem de­fi­ni­ção. Se os ca­be­los fo­rem gros­sos, in­vis­ta em um re­pi­ca­do ir­re­gu­lar, pa­ra dar le­ve­za às ma­dei­xas. Já os fi­os mais fi­nos pe­dem por ca­ma­das lon­gas, que dis­tri­bu­em bem o vo­lu­me. Se­gun­do

Ruth, tam­bém não é acon­se­lhá­vel que es­se ti­po de ca­be­lo se­ja des­fi­a­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.